Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

De "Rebelde": veja os 9 questionamentos que eu tive ao rever o primeiro episódio da trama
De "Rebelde": veja os 9 questionamentos que eu tive ao rever o primeiro episódio da trama
Quando "Rebelde" estreou no SBT eu já poderia ser considerado "velho demais" para assistir a produção. Mesmo assim, investi meu tempo na novela e me apaixonei. Não perdia um capítulo e, assim como a maioria dos adolescentes, também me tornei um grande fã do RBD. Sigo amando o antigo sexteto, mas, como passar do tempo, fui percendo que a novela não era grande coisa. De qualquer forma, topoe rever o primeiro capítulo e essas são as minhas considerações.

Só quem viveu a época de "Rebelde" sabe o quanto a novela fez sucesso, principalmente aqui no Brasil. Muita gente não curtia e até fazia piada sobre, mas quem gostava era simplesmente apaixonado. E é mais ou menos nesse segundo grupo que eu me encaixo. A trama mexicana me fisgou logo no início e eu acompanhei tudo até o final - com direito a muitos lágrimas, tá? Ou seja, é claro que eu também era muito fã do RBD. Na verdade, esse é um amor que dura até os dias de hoje. No entanto, com o passar do tempo, acabei notando que a novela não era tão boa assim. E foi justamente por isso que eu topei rever o primeiro episódio de "Rebelde" e fazer algumas "análises".

Abertura

Por incrível que pareça, eu curti muito a abertura de "Rebelde". Quer dizer, ainda é "Rebelde", né? Ela passa bem essa vibe de adolescentes tentando se encontrar e descobrir quem são em um mundo que não os entende. Talvez eu estreja filosofando demais? Sim, mas eu curti e tá aprovado. E sabe o curta em preto e branco que vem logo depois? Também fez sentindo pra mim. Quem será que eu me tornei?

Miguel

No primeiro capítulo a gente ainda não sabe muito bem qual é o plando do Miguel (Alfonso Herrera), mas fiquei com algumas questões. A gente sabe que ele já terminou a escola e mesmo assim vai voltar para escola atrás de vingança. Aparentemente sua mãe não sabe de nada e eu fiquei me perguntando como ele vai conseguir se matricular em um colégio sem que sem que ela fique sabendo? Também fiquei bem assustado em como ele foi bastante sincero com sua irmã mais nova sobre a morte do seu pai (risos). Tirando isso, Poncho já mostrava nas primeiras cenas que daria um bom ator.

Pobre Diego!

Pelo o que eu me lembro, a história de Diego (Chrisopher Uckermann) se desenvolve bastante ao longo da trama. Desde alcoolismo até a relação complicada com o pai, o estudante irá passar por muita coisa e amadurecer bastante. No entanto, nesse primeiro episódio ele é apenas um playboyzinho irritante. A própria barbie facista. O que é ele reclamando de ir para Europa porque queria viajar para a praia com Tomás (Jack Duarte)? Sério, Diego? E nem vamos falar sobre aquele cabelo, né?

Meninas muito sexualizadas

Apesar de "Rebelde" possuir personagens femininas bem fortes, a novela é um claro exemplo de homens escrevendo sobre mulheres. Fica muito claro nesse primeiro capítulo o quanto as mulheres são sexualizadas na trama. Alma Rey (Ninel Conde) é o maior exemplo. Porém, sua personagem ainda é mais velha. Agora, o que falar de Mia (Anahi) e Roberta (Dulce Maria). A rebeldia delas é feita através do corpo nesse primeiro capítulo e isso é bastante problemático se pararmos para pensar elas são estudantes de uns 16 anos. Primeiro temos o striptease de Mia durante uma espécie de conselho de classe. Depois vemos Roberta indo fotografar ao lado da mãe apenas com o corpo pintado. A intenção das duas é mostrar insatisfação, mas isso poderia ter acontecido de outra forma, né? Isso não seria muito bem visto em 2019...

Gordofobia

Eu não lembro muito bem se a Celina (Estefania Villareal) tinha problemas de autoestima. Na verdade, ela estava sempre pegando alguém e eu até achava isso legal. Mas toda essa história de ter sido um projeto da Mia é bem complicado. Em uma determinada cena, a patricinha diz que a amiga está ótima, só precisa fazer uma dieta. Depois disso ainda diz para ela encolher a barriga. Puxado, né?

Roberta Pardo

Eu preciso tirar o chapéu para Roberta Pardo. Apesar de algumas piadas da personagem terem ficado velhas, ela ainda é bastante atual. Tem ótimas respostas na ponta da língua e é bastante divertida de acompanhar. Dos quatro personagens principais apresentados, é a única que eu não achei um saco logo de cara. 15 anos depois da novela ter ido ao ar pela primeira vez, eu ainda consigo me simpatizar pela personagem. Ponto para ela!

Cadê Lupita e Giovanni?

Eu fiquei os 44 minutos do primeiro capítulo esperando Lupita (Maite Perroni) e Giovanni (Christian Chávez) aparecerem e nada! Fiquei bem chateado porque eu era a Lupita na época da escola e não lembrava que a morena era tão secundária nesse começo da trama. Pelo visto, vou precisar assistir o resto!

Melhor que "Malhação"?

O primeiro capítulo de "Rebelde" termina com Diego bebendo enquanto dirige e sofrendo um acidente. Não é uma cena muito bem feita, mas achei mais profundo que muita temporada de "Malhação". Brincadeiras à parte, talvez a produção não funcione mais para mim, que já tenho meus 20 e poucos anos, mas pode funcionar para outros adolescentes. Dando uma adaptada no roteiro e retirando algumas partes problemáticas, um revival seria muito bem vindo. Vale lembrar que a Netflix comprou os direitos de fazer uma nova versão, né?

Dulce Maria
OMG! Dulce Maria anuncia que vai casar e vai fazer pausa na carreira!
Esses foram os 9 questionamentos que tive ao rever o primeiro episódio de "Rebelde"
Dulce Maria publica uma foto com Anahi e os fãs não estão sabendo lidar com esse TBT
Tem ex-RBD fazendo aniversário! Dulce Maria completa 33 anos e nem os fãs acreditam!
ver todas as notícias de Dulce Maria Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema