Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Graciely Junqueira é o rosto da representatividade negra no mundo teen
Graciely Junqueira é o rosto da representatividade negra no mundo teen
A atriz do SBT já é espelho para muitas jovens que não têm tanta representação na TV.

Quando você liga a TV, é raro dar de cara com estrelas teen de pele escura. Não nos leve a mal. A nossa equipe adora Larissa Manoela, Maisa e Giovanna Chaves. Porém, não há como negar que as meninas negras do Brasil não estão tão representadas na mídia quanto as jovens brancas. Eis que Graciely Junqueira entra nesta história.

Graciely Junqueira é o rosto da representatividade negra no mundo teen
Graciely Junqueira é o rosto da representatividade negra no mundo teen

Aos 17 anos, Graciely faz parte do time de jovens atores que brilham no SBT. Ela, que participou de "Cúmplices de Um Resgate" e já está confirmada na novela "As Aventuras de Poliana", que estreia ainda este ano, tem a pele negra e os cabelos cacheados. Algo que, segundo a própria jovem, já faz dela um espelho para garotas da sua idade.

"Várias meninas já me falaram que sou a inspiração delas e que, por causa da atitude de assumir meus cachos, começaram a se assumir também", revela Graci, num bate-papo exclusivo com o Purebreak. "Nessas horas, não sei se eu choro de alegria ou de emoção. Durante uma boa parte da minha vida eu não me aceitava e queria pranchar o meu cabelo. Então, eu sei o que elas pensam e o que sentem. A sensação de não gostar do que olha no espelho é horrível. Saber que eu possibilitei uma nova visão e maneiras de melhorar essa sensação é uma honra pra mim", acrescenta.

Quando o Purebreak perguntou o que significa para Graci ser um espelho para meninas como ela, a atriz não conteve os arrepios. "Eu não tenho palavras para descrever o que sinto. É algo bem maior do que alegria e satisfação. Eu tento dar o melhor de mim e ser o melhor que posso ser como ser humano e no meu trabalho. Sei que tenho responsabilidades, pois sou exemplo pra muita gente."

Graci, que também canta e recentemente lançou a música "Me Leva", termina mostrando que tem potencial para seguir representando as jovens negras no meio teen: "Tem muita menina hoje em dia que não se sente bonita por não ter o padrão de beleza estabelecido pela sociedade, e pra mim, isso é uma besteira. Eu não sigo os padrões, sou como sou e me valorizo sendo assim, e é esse pensamento que tenho para passar para todas as meninas."

Como não amar?