Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

5 Fotos
Iniciar o slideshow
Para você que pensa que trabalhar na televisão é moleza, se engana. O humorista conversou com o amigo Rafinha Bastos, no canal "8 Minutos", e disse que trabalhar na atração era punk: "O terno brilhava de tanto suor!"

Sem papas na língua! Durante uma entrevista com seu amigo Rafinha Bastos, no canal "8 Minutos", o humorista Danilo Gentili revelou o cansaço que sentia durante as gravações do programa "CQC" e revelou que estava "desesperado" para meter o pé da atração.

"Levei o projeto [do "Agora é Tarde"] para a Band porque estava desesperado para sair do 'CQC', com apenas um ano no programa. Era realmente muito pesado. O 'CQC' é um programa feito com muita raça, mas não só nossa", explicou o comediante que é o apresentador do late show "Agora é Tarde"

E ainda revelou um pouco os bastidores do programa. "A gente se encontrava no Bleecker [bar em Pinheiros] e dizia: 'Cara, tá demais. Não aguento'. Tínhamos que pegar voo às 5h, ficar sem hotel, com a mala na mão, viajar. O bastidor sempre foi muito desgastante. O terno brilhava de tanto suor!"

Piada velha enche o saco

Gentili também comentou o seu afastamento do stand up comedy. "Não tenho gostado porque meu show tem sido uma m*. Estou muito cansado, não tenho criado coisa nova e toda vez que subo no palco, tomo um pau de todo mundo que está lá. Sou sempre o pior da noite. Em seguida o apresentador completa: quando estou muito cansado faço sem vontade. Faço sem vontade porque estou cansado e porque estou com piada velha. Enche o saco ficar o tempo todo fazendo a mesma piada", justificou o artista, que acaba de estrear nos cinemas com o filme de comédia "Mato Sem Cachorro".

Confira a entrevista na integra!

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema