Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Um estudo na Dinamarca conseguiu provar que sementes expostas a aparelhos eletrônicos tem dificuldade de germinar e que na maioria das vezes falham ao tentar fazê-lo.

Estudantes dinamarquesas podem ter conseguido provar através de um experimento que aparelhos eletrônicos fazem mal as plantas. Mais precisamente os telefones celulares, que segundo outro estudo são mais usados na cama e no banheiro.

A ideia inicial era realizar um estudo que comprovasse que celulares próximos a camas atrapalhavam o sono, mas como as alunas não podiam testar o efeito das microondas vindas dos aparelhos no cérebro humano, resolveram fazer um teste mais simples envolvendo plantas. Os gadgets estão cada vez mais presentes em nossa vida e podem servir para tarefas com acender lâmpadas (?).

Grupos de plantas foram separados em duas estufas, uma cheia de aparelhos eletrônicos e a outra sem nenhum. Nos dois casos as plantas estava expostas às mesmas condições de umidade e temperatura, mesmo assim, no primeiro as sementes não germinaram, enquanto no segundo a evolução aconteceu normalmente.

A experiência chamou a atenção da comunidade científica internacional e os mesmos experimentos deverão ser refeitos com metodologia científica já que o estudo dinamarquês é amador e seus resultados não podem ser considerados oficiais.

Agora se os smartphones fazem tão mal a plantas, imagina o que podem fazer com o cérebro humano? Com certeza causam efeitos contrários aos que os videogames.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema