Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Veja 9 maneiras de sair da sua bolha e aprender mais com outras vivências
Veja 9 maneiras de sair da sua bolha e aprender mais com outras vivências
Você acha que o seu círculo social possui bastante diversidade? Você consegue falar sobre vários assuntos e ter acesso à vivências diferentes? Bom, se todas as respostas foram negativos, pode ser que você esteja precisando conhecer mais coisas e, talvez, estourar a sua bolha. Pensando nisso, o Purebreak listou 10 maneiras práticas de conseguir isso.

Nada como estar com as pessoas que gosta e falando dos assuntos que lhe agrada, né? Sabemos que isso é muito gostoso e importante para nos fazer bem, ainda mais nesse momento pós-eleição, em que as coisas ficaram um pouco intensas. No entanto, será que é o ideal viver só dentro da nossa bolha? Como saber sobre outras vivências sem dialogar, ler ou ver coisas diferentes da sua realidade? Por exemplo, se você é homem, como saber de todas as situações problemáticas que as mulheres passam por conta do machismo sem conversar com elas? Pensando nisso, o Purebreak listou nove maneiras - um pouco mais fáceis de praticar no dia a dia - de fazer você sair da sua bolha e aprender com os que estão a sua volta. Partiu?

1 - Tentar conversar mais com aquele seu amigo/parente que pensa muito diferente de você

Essa pode ser meio complicada. Porém, é importante estar em contato com as pessoas com as quais vocês discorda ideologicamente. Você não precisa ser amigo dessas pessoas, mas se afastando completamente não será possível entender o porquê delas pensarem assim ou o que as levou até isso. É importante entender o seu "inimigo" para, quem sabe, fazê-lo mudar de opinião.

2 - Seguir influenciadores que fogem do mainstream

É muito bom seguir aquela influenciadora que tem os melhores looks e quem você sonha em ser, né? Mas, e que tal seguir uma galera diferente? Se você curte moda, talvez essa seja a oportunidade de seguir uma mulher gorda para saber como é relação dela com essa indústria. Que tal? É bom para ter mais perspectivas sobre um determinado assunto.

3 - Acompanhar canais no Youtube que trazem discussões sociais e políticas

Tem coisa melhor do que chegar em casa, depois de um dia cansativo, e assistir vários vídeos de comédia do seu youtuber favorito? Não tem, mesmo. Porém, o Youtube é uma ferramente bastante poderosa e pode ser usada para além da sua diversão. Se você for branco, esse pode ser o momento de assistir aquele youtuber negro falando sobre racismo.

4 - Acompanhar mais de um veículo de informação

Se você está no Twitter, Instagram e Facebook, não tem motivo para acompanhar as notícias através de um só jornal, né? Siga vários veículos diferentes e compare a suas abordagens. Aliás, também é uma boa ouvir podcasts. Além de serem bem informativos, também podem ser divertidos.

5 - Ler um livro de algum autor que não seja europeu ou americano

Para quem ama ler, isso já é meio caminho andado. Mas, que tal variar um pouco na suas leituras? No lugar de ler aquele noto autor americano que todo mundo está comentando, você pode dar uma chance a Chimamanda Ngozi Adichie, que é nigeriana. É sempre bom saber o que pessoas que estão fora desse eixo pensam sobre família, amor, sociedade e etc.

6 - Assistir um documentário sobre algum assunto que você não entende muito

Caso você não seja apaixonado por livros, a Netflix está cheia de documentário bem interessantes sobre os mais diferentes assuntos.

7 - Ver um filme que conte a realidade de alguma região muito distante da sua

Assim como os livros, filmes que fogem desse eixo América do Norte/Europa são importantes para descobrirmos o que pessoas de outros lugares estão falando sobre homossexualidade, por exemplo. Mas, como filmes estrangeiros são um pouco mais complicados de achar, dê chance a algum que se distancie mais da sua realidade.

8 - Conheça a sua cidade, ande por todos os bairros, veja o que está a sua volta

Se você já está cansado de ir aos mesmo lugares com os seus amigos, que tal varias um pouco? Caso você tenha algum amigo que more um pouco mais distante do centro, uma visita pode ser ótima. É bem provável que tenhas ótimos lugares por lá também.

9 - Trabalho voluntário pode ajudar!

Se o seu negócio é colocar a mão na massa, o trabalho voluntário pode ser bem útil. Visitar um orfanato, por exemplo, pode ser a gota de realidade que esteja faltando para você ter um pouco mais de noção de como é a vida de outras crianças.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema