Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

5 Fotos
Iniciar o slideshow
A imagem da húngara Boggie sendo "manipulada" é o mote do clipe da faixa 'Noveau Parfum' que faz uma crítica ao padrão de beleza estipulado pela mídia.

A música da húngara Boggie pode até passar batida, mas não podemos dizer o mesmo do novo videoclipe da cantora. No clipe, a artista passa por uma transformação incrível feita com ajuda de ferramentas de um programa de edição de imagens, tipo o Photoshop.

O videoclipe de "Nouveau Parfum" foi dirigido por Bálint Nagy e Nándor Lorincz e é uma crítica clara a ideia distorcida de beleza que vemos na mídia. O clipe é pura manipulação digital em tempo real: Boggie sofre modificações na cor e nas imperfeições da pele, nos olhos, nos cabelos, nos dentes, etc. Será que o Photoshop tem limites?

Durante a manipulação, também são feitas alterações na iluminação do local e Boggie também é vítima de maquiagem digital. No fim do clipe, a tela se divide para que seja feita a chocante comparação do antes e depois da artista.

Às vezes, o uso excessivo de um editor de imagens pode acabar rendendo um resultado pouco agradável. Quer exemplos? Veja essa lista de fails do editor com artistas famosas.

 

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema