Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Trailer de "Rio 2", que chega aos cinemas nesta quinta-feira (27)
Filme traz ararinhas-azuis em uma aventura na Amazônia.

O sucesso da franquia "Rio" é a prova de que a cultura brasileira, se vendida da forma correta, é vista com bons olhos pelos gringos. No entanto, é preciso apontar que a continuação carrega a Cidade Maravilhosa e suas qualidades praticamente apenas no título. A nova animação de Carlos Saldanha, que estreia nesta quinta-feira (27) e que o Purebreak conferiu em primeira mão, levanta um voo mais alto, viaja por outros cantos do Brasil para mostrar problemas como o desmatamento e a extinção de algumas espécies de animais.

"Rio 2" mostra as ararinhas-azuis Blu e Jade vivendo após o "felizes para sempre" do original. Agora o casal está criando seus três filhotes: Carla (que gosta de viver em seu mundinho e assim como a mãe adora música), Tiago (o único menino, mas que é super levado) e a intelectual Bia (que lembra até um pouco Lisa Simpson). A família decide viajar para Amazônia após ver no noticiário que ornitólogos Tulio (voz de Rodrigo Santoro) e Linda descobriram outras aves de sua espécie, que todos acreditavam estar em extinção.

Blu e sua família embarcam numa aventura na Amazônia
Blu e sua família embarcam numa aventura na Amazônia

Esse é o ponto de partida para a excelente animação que conta com humor puro, mas inteligente e com belos números musicais e de "dança". Como o longa é uma grande vitrine do país, a viagem do Rio até a floresta é visualmente deslumbrante. Eles passam por cidades como Ouro Preto, Brasília e Salvador antes de chegar ao destino final, sempre mostrando detalhes e pontos turísticos dos lugares. Quem viu o filme anterior ou, ao menos, o trailer de "Rio 2" já tem ideia da qualidade técnica.

Novos ritmos e personagens

A grande quantidade de números musicais também é uma boa forma de mostrar mais ritmos e danças típicas brasileiras. Se em "Rio 1", o samba e o carnaval eram os grandes protagonistas, agora sons do norte e nordeste ganham destaque, especialmente aqueles que abusam da percussão.

A nova história também apresenta novos bichos. O já conhecido vilão Nigel ganha uma parceira: a novata Gabi (uma venenosa sapinha). Juntos, eles roubam a cena protagonizando as mais hilárias situações junto com o tamanduá Carlitos. A anfíbia alimenta um amor platônico pela ave branca, mas não pode tocá-lo por ser venenosa. Dessa novela mexicana surge paródias de grandes musicais da Broadway e Hollywood, além de diversas referências culturais. É preciso destacar também a dupla de tartatugas capoeiristas. Apesar de pontuais aparições, o riso é garantido com as cenas em câmera lenta.

Em "Rio 2", Gabi é uma sapinha venenosa
Em "Rio 2", Gabi é uma sapinha venenosa
Equilibrando aventura e comédia, "Rio 2" além de entreter, ainda cumpre também a função de educar e conscientizar a criançada (e de quebras os mais velhos) sobre o desmatamento na Floresta Amazônica e a preservação dos animais em extinção. É uma produção que tem absolutamente tudo para agradar ao público de todas as idades.
Rio 2
Anne Hathaway brinca sobre experiência de dublar ararinha-azul em "Rio 2"
Animação "Rio 2" leva cerca de 1,3 milhão de brasileiros ao cinema
Assim como "Rio 2", reveja outras animações com momentos musicais divertidos
Cinebreak especial: "Rio 2" faz deslumbrante cartão postal musical do Brasil
ver todas as notícias de Rio 2 Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema