Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

O aplicativo te ensina o idioma e agora vai te certificar na proficiência
O aplicativo te ensina o idioma e agora vai te certificar na proficiência
A plataforma online custa bem menos que um teste tradicional e o resultado sai mais rápido.

Pessoal que pretende fazer TOEFL ou Cambridge, seja pra intercâmbio ou qualquer tipo de trabalho, esse recado é pra você. Este aplicativo gratuito e super democrático voltado para o ensino de idiomas chamado "Duolingo" está revolucionando o sistema de testes de proficiência em inglês. Eles lançaram na última quarta-feira (23) um teste através de sua plataforma que custa bem menos que os testas tradicionais, é feito em apenas 20 minutos e você recebe o resultado em até 24 horas.

Luis von Ahn, CEO e um dos fundadores do aplicativo justifica a iniciativa: "Ensinamos línguas de graça, mas certificar também é importante". E ele também explica que o candidato se submete aos testes através de um computador ou dispositivo móvel e que graças a essas plataformas os testes se adaptam a quem está respondendo, de acordo com o desempenho da pessoa. O nível de dificuldade das questões vai mudando a cada resposta de quem está realizando o testes. Uma dinâmica inovadora nesse tipo de prova.

A prova do "Duolingo" precisa de um dispositivo com webcam e microfone para acontecer

O áudio grava a fala para verificar a pronúncia e fluência do idioma. E a webcam é apenas uma margem de segurança para garantir que não haja nenhuma fraude, ou seja, que a pessoa inscrita seja quem realmente está fazendo a prova. Outro fator que elimina o risco de qualquer fraude é todas as notas são geradas por computador. Os testes acontecem de um jeito super prático, em apenas 20 minutos de duração mais ou menos e o resultado fica pronto apenas 24 horas depois.

Além dessa praticidade toda, a parte que mais interessa: para usar "Duolingo Test Center" você paga 20 dólares contra 200 das provas tradicionais. É apenas 10% valor! A gente espera que esse novo formato seja aceito com tranquilidade pelas escolas e universidades que exigem proficiência para autorizar intercâmbios e outros tipos de eventos. Porque, vamos combinar, economia rima estudante...perai...não rima, não. Mas combina bastante!

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema