Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

O conselheiro de Khaleesi (Emilia Clarke) e uma das pessoas mais respeitadas da série disse adeus cedo demais...

Os fãs de "Game of Thrones" sofreram um choque com a exibição do episódio do último domingo (3) na HBO. Primeiro porque Ser Barristan Selmy (Ian McElhinney) morreu em um ataque totalmente surpresa dos Filhos da Hárpia, os novos e ameaçadores personagens. E segundo porque Cersei (Lena Headey) finalmente voltou a ser do jeitinho que ela era e que os fãs amam.

O conselheiro de Daenerys (Emilia Clarke) era um dos personagens mais respeitados da série e do livro - onde, diga-se de passagem, ele ainda tá vivo - e acabou tendo que se despedir dessa forma brutal. Ian, o intérprete do cavalheiro, explicou que também sofreu quando soube o que ia acontecer, mas que teve que entender: "Estou desapontado. Só que eu acho que todos devem aceitar, assim como eu tive que fazer, que a TV é diferente do livros, os dois têm uma dinâmica totalmente diferente em relação ao seu público".

Enquanto isso, a ex-Rainha Lannister colocou as garras de fora contra a sua "querida" nora Margaery (Natalie Dormer) e a primeira coisa que fez depois do acordo com o High Sparrow (Jonathan Pryce) foi algo contra a ruiva. Cersei mandou prender o irmão dela, seu noivo, por ser gay! Já viu que vai começar uma guerra em família, né?

"Game of Thrones" vai ao ar aos domingos, às 22h, pela HBO!

Game of Thrones
Machismo nos bastidores de "Game of Thrones": Emilia Clarke foi pressionada a ficar nua na série
O spin-off de "Game of Thrones" foi oficialmente cancelado pela HBO
"Game of Thrones" não merece ganhar prêmios no Emmy 2019 e estes são os motivos
De favoritos aos injustiçados: tudo o que você precisa saber sobre o Emmy 2019
ver todas as notícias de Game of Thrones Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema