Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Integrante de uma das boy bands brasileiras do momento revelou alguns dos pontos mais marcantes durante a gravação do álbum "Fly" e no que eles se inspiram para criar suas músicas!

A onda das boy bands cada vez ganha mais força no Brasil! Depois do sucesso do P9, os meninos do Fly estão chegando para conquistar cada vez mais fãs. O grupo é uma das apostas dessa nova onda pop nacional, já teve a oportunidade de lançar um álbum completo em dezembro e ainda é dono do hit "Quero Você".

Fly é um grupo paulista formado por Paulo Castagnoli, Caique Gama e Nathan Barone, três garotos que apostam em dar mais destaque as vozes para ter mais sucesso. O Purebreak teve uma oportunidade bacana e bateu um papo com Nathan para saber algumas curiosidades do trio que adoraria fazer uma parceria com os caras do NX Zero. Fica ligado!

Criando o Fly

Quando eles perceberam que a onda de grupos que só cantavam e não tocavam instrumento estava ficando maior, eles toparam se arriscar no meio musical. Nathan explica que ele foi o último integrante a entrar na boy band.

"A ideia de montar a banda surgiu com o Paulo. Ele teve a ideia de montar uma boy band e chamou o Caique (se conheceram no festival "NoCapricho") pra entrar nesse projeto. Os 2 queriam mais 1 integrante e procuraram no Youtube. Assim me encontraram pra completar o grupo", revela o cantor.

Inspiração na vida real e cabeça no presente

O vocalista conta que as experiências de suas vidas são colocadas nas letras das músicas que conquistam as fãs: "Em todas nossas composições nos inspiramos no que realmente vivemos. A intensidade das coisas que vivenciamos nos dá motivos pra colocar os sentimentos nas letras".

Ele ainda aproveitou para falar que o grupo não sabe que conceito porde usar no futuro porque estão voltados para o que está acontecendo no momento: "Ainda não temos ideia do que vamos fazer mais pra frente. Estamos muito focados no presente, no que estamos fazendo agora e que está dando certo".

Momento marcante: o primeiro álbum

Podia ter sido uma música em especial, uma melodia ou até uma letra, mas Nathan revelou que gravar o álbum "Fly" foi algo inesquecível: "Na verdade gravar o nosso primeiro CD já foi algo memorável! O entrosamento e a amizade se concretizaram ainda mais durante esse período marcante para nós".

Tempo livre e tattoos

O cantor deixa claro que eles são pessoas normais e curtem se diverti no tempo livre fazendo coisas que todo mundo faz: "Compomos, malhamos, andamos de skate, curtimos como todo mundo nas horas livres".

E ele ainda revela que tem sim interesse de fazer tatuagens como os companheiros de grupo: "O Paulo iniciou faz algum tempo e o Caique também. Todas tem significados especiais para eles. Eu ainda não tenho, mas pretendo fazer logo".

Um sonho

Para terminar, Nathan contou que ele tem um sonho um tanto quanto ambicioso, mas que trabalhando duro os garotos com certeza vão conseguir: "Haha, sonho em lotar o Maracanã!".

(Escrito por: Renata Kurisu)

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema