Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

O cantor - que lançou o single "Papel" em setembro - revela que hesitou na ideia de fazer parte do reality musical da Record e que usa como inspiração para compor as garotas de sua vida! Ele ainda fala sobre a parceria com a namorada, a cantora Manu Gavassi

Chay Suede é um dos cantores brasileiros do momento entre o público jovem. Em setembro, o rapaz lançou o lyric vídeo de seu primeiro single, "Papel". O artista começou sua carreira ao participar do reality show "Ídolos", da Record, por sugestão do pai! Depois de terminar em quarto lugar no programa, o capixaba saiu direto do reality para se tornar um ídolo teen ao estrelar a novela "Rebelde" ao lado de Sophia Abrahão, que também está dando início a sua carreira solo.

Em uma parceria com a Universal Music, o Purebreak promove o concurso cultural Chay Suede. Para participar, basta preencher o questionário na seção de concursos do site e responder a seguinte pergunta: "E que você faria para conquistar uma pessoa que senta ao seu lado?". As cinco melhores respostas ganham um CD do cantor, o seu primeiro trabalho solo, chamado "Chay", que conta com o hit "Papel".

Sucesso na música e na TV

Chay também apresentou por três meses o programa "Hora do Chay", na MTV Brasil, onde ele fazia entrevistas exclusivas e mostrava o que acontecia nos bastidores dos programas da emissora. Mesmo com tão pouco tempo de vida no ar, Chay não só foi indicado à categoria "Melhor Apresentador" no Meus Prêmios Nick 2013, como ele acabou levando o prêmio para casa.

Ele revelou que ficou surpreso com a vitória: "Foi incrível porque ganhei por um programa que ficou no ar só três meses na programação principal da MTV Brasil. Isso representou muito para mim."

Primeiros passos na vida artística

"Chay", álbum de estreia do cantor, foi oficialmente lançado dia 22 de outubro e traz um estilo pop-rock na maioria das faixas do CD. O trabalho é um sonho para o cantor que sempre desejou mostrar o que ele podia fazer: "Eu sempre tive essa vontade, eu toco violão desde cedo e agora eu posso mostrar o que quero fazer pro mundo."

A música favorita do disco para Chay é "Verso Acelerado", que conta um pouco da história que ele viveu no Rio de Janeiro: "Eu gostei de como o timbre ficou e de como ela foi realizada. A letra começou a ser escrita quando eu tinha uma namorada que eu queria me afastar dela."

O ídolo teen percebeu que queria seguir a carreira de artista aos 17 anos enquanto estudava para o vestibular: "Estava fazendo o pré -vestibular e eu tinha um professor de literatura que questionava tudo e eu sentia vontade de conquistar o mundo e isso só a arte conquista através do amor", revelou.

A influência do pai e a arte de compor!

Foi então que o pai de Chay deu uma ideia ao filho: entrar no reality show de música "Ídolos". Apesar do garoto ter concordado, no começo, essa sugestão fora vista com receio: "Eu achei terrível essa ideia. Não gostava do jeito que os jurados tratavam os calouros e como o programa era conduzido. Eu me colocava no lugar dos calouros e era estranho." E apesar disso tudo, ele acabou em quarto lugar!

E o pai sempre foi um grande companheiro pro cantor. Chay quando compõe conta com a ajuda da figura paterna que traz uma bagagem de compositor desde os anos 80, mas como um hobby, ele nunca vendeu as composições. "É genial, ele já compunha desde a década de 80 como um projeto pessoal e nunca viveu disso. Ele era apaixonado pelo que fazia. A imagem que tenho do meu pai é dele com o violão e me chamando pra cantar com ele, desde cedo ele sempre foi aberto as minhas ideias."

Já quando Chay vai compor uma música, ele decide se inspirar nas garotas de sua vida. E não, não são só sobre meninas que ele se envolveu: "Me baseio em garotas. A maior parte das minhas músicas sempre funciona assim. São as minhas garotas, mas não significa que eu tenha algo com elas. Pode ser minha prima ou alguma menina que me incomode."

Aprendizado em "Rebelde" e o multi-talento

Depois de "Ídolos", ele foi convidado para estrelar a novelinha teen "Rebelde" como Tomás, um garoto que só queria saber de sexo. Chay também atuou ao lado de atores como Lua Blanco e Micael Borges. Pra ele, a produção foi um aprendizado: "Foi ótimo estar em 'Rebelde', foi uma escola pra mim. No início, eu me sentia pressionado tendo que me empenhar num papel que eu não conhecia. Depois foi um prazer, dava vontade de fazer mais."

Diferente da maioria dos famosos brasileiros, o artista pretende focar tanto na carreira musical como na de ator se tiver oportunidades e tempo: "Não sou a favor de se focar numa coisa só, isso é uma ideia muito sulamericana de que só se pode fazer uma coisa. Tem o mundo pro que a gente quiser, não dá pra abraçar o mundo, mas claro que dá pra fazer tudo se tiver tempo. É possível desempenhar tudo que nosso talento permitir."

Manu Gavassi, parceria do sonho e estilo musical!

Chay também tem uma garota só pra ele! O ídolo namora a também cantora Manu Gavassi e revelou um pouco sobre a cumplicidade musical deles: "Com a Manu as coisas fluem naturalmente, nós não planejamos nenhuma parceria, se acontecer aconteceu. E a gente com certeza ajuda um ao outro, damos dicas."

Assim como toda pessoa, Chay também é fã e contou que amaria fazer parceria com seu maior ídolo: "Meu sonho é fazer alguma música com Caetano Veloso. Ele é meu ídolo, eu adoro ele mais que qualquer um."

O cantor ainda contou que se inspira em grupos dos anos 80 para fazer sons mais interessantes: "Eu tenho uma tendência de fazer uma melodia mais folk, country. Na verdade, eu ultimamente estou bem ligado no rock rural que tem uma harmonia bonita, as pessoas às vezes confundem com o sertanejo. Eu ouço e me inspiro em Expresso Rural e 14 Bis."

E pros fãs ele simplesmente disse: "São uns fofos. Eu vou estar esperando eles na minha turnê!"

(Escrito por Renata Kurisu)

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema