A girl band também comparou os figurinos de homens e mulheres nos palcos!

Em 2017, Fifth Harmony mostrou que, além do talento, muita atitude acompanha os trabalhos da girl band. As meninas apareceram como capa de revista pela primeira vez como um quarteto e, em entrevista, elas criticaram bastante o machismo presente no pop e esbanjaram coragem para enfrentar essa situação.

As cantoras do 5H, agora sem Camila Cabello, afirmaram que o tratamento de homens e mulheres é muito diferente na música, mas frisaram que o papel da mulher nesse meio precisa ter ainda mais força a partir de agora. Durante o papo, elas contaram como dão apoio umas às outras. "Muitas vezes, as pessoas esquecem que somos humanos. Temos que lidar com as coisas na família e inseguranças que sentimos. A Lauren tem essa maneira de me fazer sentir confortável e confiante comigo mesmo, e sinto que posso falar com ela sobre qualquer coisa", disseram.

Além disso, elas criticaram fortemente o machismo quando estão na mira dos holofotes. "Tenho certeza que homens nunca são perguntados sobre serem sexy demais. Eles, na verdade, são endeusados quando tiram as roupas. As mulheres amam isso e ficam tipo 'uuuui! Você é gostosão!'. Mas quando as mulheres tiram as roupas, é tipo 'caramba, ela é uma piranha'", desabafaram elas. Sem dúvidas, é ainda mais importante ser profissional nessas condições, né breakers?

Fifth Harmony
Lauren Jauregui e Dinah Jane relembraram os velhos tempos de Fifth Harmony em um karaokê
Harmonizers relembram 1 ano sem Fifth Harmony com nostalgia nas redes sociais
Parceria de Normani com Calvin Harris será lançada dia 22 de outubro e nós estamos muito ansiosos
Dinah Jane lançou música solo "Bottled Up" e os fãs estão surtando!
ver todas as notícias de Fifth Harmony Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema