Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Google conserta bug no Gmail graças a ajuda de um israelita.
Google conserta bug no Gmail graças a ajuda de um israelita.
A empresa demorou um mês para arrumar o defeito no serviço de email.

Neste sábado (14), a Google corrigiu o bug que permitia invasão de hackers a milhares de contas Gmail. Quem indentificou a falha foi o investigador israelita, Oren Hafifm. Este tipo de problema não permite que cibercriminosos roubem a senha do usuário, mas facilita o envio de pishing e spam.

A empresa norte americana não deu muita importância à falha quando ficou sabendo da sua existência, porém após Oren Hafifm conseguir informações de 37 mil usuários do Gmail, a Google resolveu investigar o caso. O que mais chamou a atenção foi a facilidade com a qual as contas eram hackeadas. Oren só precisou de duas horas para obter o conteúdo dos clientes da companhia.

De acordo com a revista "Wired", a empresa ofereceu recompensa em dinheiro para o israelita. O valor provavelmente não passou dos U$500. A Microsoft também viveu uma situação parecida quando um garoto de 5 anos descobriu um bug na loja online do Xbox.

Não é a primeira vez que o Gmail cria polêmica com o correio eletrônico. No mês de abril, a empresa mudou o termos de serviço afirmando que lê os emails para poder vender publicidade.

Google
Vem entender o que é esse tal de Stadia, novo serviço da Google, e tudo que você pode fazer com ele
Novela "Tempo de Amar": Lucinda (Andreia Horta) arma barraco após ser abandonada por Inácio
Whindersson Nunes lidera lista do Google de mais influentes do Brasil
"Já Pesquisei no Google": hashtag toma conta do Twitter e ganha respostas hilárias! Confira
ver todas as notícias de Google Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema