Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

"A" é um ser que toda manhã acorda num corpo diferente... até que em um belo dia, ele se apaixona pela namorada do cara que é seu "recipiente"! Depois disso, A começa a perseguir seu sonho de ficar com a menina.

Você gostaria se a sua vida não fosse a mesma todo o dia? Bem, essa é a trama do livro "Todo Dia" e pode ter certeza que o personagem principal não está nem um pouco feliz com essas mudanças. Lançado em 2012 pelo autor David Levithan, a publicação foge da moda de livros distópicos como "Divergente", e apresenta uma ficção um pouco mais real.

A história gira em torno de A, relaxa porque não é a A da série "Pretty Little Liars", um ser que não sabe se é homem ou mulher mas que a cada dia acorda no corpo de um adolescente diferente. Ele já se acostumou com sua condição e nunca encontrou alguém que pudesse ser parecido consigo, só que seu destino muda de uma hora para outra, ou seria melhor... de um corpo para outro?

Trama de amor

Assim como "A Seleção", o livro tem uma trama de amor um tanto quanto complicada. Quando A troca de corpo e acorda na manhã seguinte, ele percebe que está no corpo de Justin, um garoto de 16 anos que não respeita tanto sua namorada. Quando ele chega na escola e encontra a menina em si, Rhiannon, o ser muda seu comportamento e tenta criar uma relação diferente com ela: ele se deixa apaixonar.

O problema é que no dia seguinte, A já está em outro corpo e a pelos menos quatro horas de distância. Depois disso, ele começa a se encontrar com Rhiannon e tenta sobreviver a uma caçada contra si. Pura tensão para uma pessoa só, não?

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema