Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

App de "Game Of Thrones" restringe o acessso das mulheres e causa revolta em internautas
App de "Game Of Thrones" restringe o acessso das mulheres e causa revolta em internautas
Isso porque, supostamente, o sexo feminino não poderia compor a Patrulha da Noite. Mas quem leu o livro, sabe que a história não é bem assim.

Tá rolando um bafafá no Facebook por causa de um app criado pela página oficial de "Game Of Thrones". Lá, um aplicativo que convida os internautas para unir-se à Patrulha da Noite não aceita a participação de meninas. O argumento é que mulheres não podem ser patrulheiras, o que até faria sentido se isso fosse uma verdade. Como a quinta temporada está prestes a começar, esta foi uma das ações da HBO Brasil para promover o retorno da série.

A discussão começou porque nos livros de George R. R. Martin as mulheres passam a integrar a Patrulha da Noite em um certo momento. Teoricamente, as regras impõe que os soldados da muralha de gelo sejam apenas homens. A HBO Brasil respondeu que está sendo fiel à história, porém...(agora vem um breve SPOILER) Há um momento em "Game Of Thrones" que Jon Snow (Kit Harington) ganhará o título de Lorde Comandante e mudará essa exclusividade feminina para patrulheiros. Ele conta com a força feminina para proteger um castelo que não tinha uma quantidade suficiente de "patrulheiros machos" disponíveis.

Internautas são convidados para integrar a Patrulha da Noite em app de "Game Of Thrones" no Facebook
Internautas são convidados para integrar a Patrulha da Noite em app de "Game Of Thrones" no Facebook

Há quem possa argumentar que isso não apareceu no seriado por enquanto e a página do Facebook está relacionada apenas ao que veremos na TV. Tudo bem, até faz sentido. Mas qual é a necessidade de restringir completamente o acesso das meninas ao app? Lá são contadas várias curiosidades e relatos sobre os caminhos que o enredo de "Game Of Thrones" tomará nesta 5ª temporada. Tudo poderia ter sido resolvido se a mensagem dizendo que "donzelas não podem ser patrulheiras" fosse seguida de um link que permita acessar o conteúdo do app. Talvez as donzelas nem fossem ligar para opção de compartilhar na timeline que fazem parte da Patrulha da Noite, como aparece para os rapazes. Mas poderiam fazer o que qualquer fã faz, independente do sexo: ficar por dentro do que vem por aí no dia 12 de abril.

O que você achou de tudo isso? Concorda que o app exagerou com essa restrição?

Game of Thrones
Machismo nos bastidores de "Game of Thrones": Emilia Clarke foi pressionada a ficar nua na série
O spin-off de "Game of Thrones" foi oficialmente cancelado pela HBO
"Game of Thrones" não merece ganhar prêmios no Emmy 2019 e estes são os motivos
De favoritos aos injustiçados: tudo o que você precisa saber sobre o Emmy 2019
ver todas as notícias de Game of Thrones Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema