Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Windows Store remove 1500 aplicativos falsos
Windows Store remove 1500 aplicativos falsos
Aplicativos falsos e com nomes confusos foram cortados e novas políticas entram em vigor para a loja.

A Microsoft anunciou nesta quinta-feira (28) que os desenvolvedores interessados em submeter novos programas à Windows Store terão que se adaptar às nova política. Com isso a empresa removeu 1500 aplicativos da loja e prometeu que é uma das primeiras medidas para organizar seu serviço, que sempre foi muito capenga. Os usuários que compraram qualquer um desses aplicativos terão o dinheiro devolvido.

A partir de agora, todos os apps que já existem serão renomeados corretamente e a Microsoft vai trabalhar também para que suas descrições fiquem mais completas. Tudo será corrigido e avaliado para que não cause equívocos aos usuários sobre as funções do app. Essa medida foi tomada depois de reclamações sobre softwares que usavam de nomes confusos ou descrições falsas para enganar os usuários do Windows Phone e conseguir mais downloads.

Essas novas políticas se aplicam a qualquer projeto que queira ser certificado na loja de aplicativos Windows Store de agora em diante. Nomes precisam refletir precisamente a funcionalidade do aplicativo que passará a ser categorizado de acordo com essa função. A regra também se aplica aos ícones e logomarcas que não podem ser semelhantes a outros já existentes.

Microsoft
Microsoft anuncia Xbox One Slim na E3 2016 e console terá compatibilidade com resolução 4K!
Windows 10, da Microsoft, ganhará código QR em atualização da famosa tela azul!
Windows 10, da Microsoft, ganhará atualização com várias novidades ainda em 2016!
Do Windows Phone: 50% dos aparelhos da Microsoft não receberão atualização para o Windows 10!
ver todas as notícias de Microsoft Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema