Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Para a revista "The Economist", Brasil não é mais uma grande potência economica mundial
2 Fotos
Iniciar o slideshow
Depois de elogiar o cenário econômico brasileiro em 2009, "The Economist" lança nova edição com imagem de cartão postal carioca em queda para indicar que o Brasil não é mais uma potência mundial. Dilma usou o Twitter para falar sobre o caso!

A imagem da economia brasileira parece não estar das melhores no mundo! Se em alguns assuntos o Brasil tem "mostrado a sua cara" - como a posição forte da presidente Dilma Rousseff em discurso na ONU contra a espionagem mundial - para a revista britânica "The Economist" no quesito crescimento econômico a história não é bem essa.

Em reportagem de capa, a publicação traz uma imagem do Cristo Redentor em loopings de queda livre, com a chamada "Has Brazil blown it?" ("O Brasil estragou tudo?", em tradução livre). A imagem faz referência a uma outra matéria da revista, publicada em 2009, onde o Cristo aparecia como um foguete levantando voo e o título "Brazil takes off" ("Brasil decola", em tradução livre).

Segundo palavras do "The Economist", o Brasil passou bem pela crise econômica mundial de 2008 e cresceu 7,5% em 2010, mas parece ter parado desde então, com um crescimento baixo de 2% nos últimos anos. Entre as dúvidas lançadas pela publicação estão: Dilma Rousseff conseguirá reiniciar as máquinas? A Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos vão ajudar a recuperação brasileira ou simplesmente trazer mais dívidas?

Revista diz que Dilma deve mudar governo

De olho nas manifestações que tomaram o Brasil, o "The Economist" ainda questiona a eficiência de Dilma como Presidente da República. Para a publicação, a falta de posicionamento do governo é a principal causa do que eles chamam de "voo de galinha" do país: "A economia estagnada, um Estado inchado e protestos em massa significam que Dilma Rousseff deve mudar de rumo", descreve o editorial da publicação.

Dilma rebate crítica pelo Twitter

Se a eficiência da presidente é boa ou não, a verdade é que Dilma tem tentado ser mais interativa com seus leitores. Ela reativou sua conta no Twitter e ainda concedeu uma entrevista para o autor do engraçado perfil fake Dilma Bolada.

Dilma aproveitou a conversa na web para rebater as críticas da revista: "Eles estão desinformados. O dólar estabilizou, a inflação está sob controle e somos o único grande país com pleno emprego. Somos a terceira economia que mais cresceu no mundo no segundo trimestre. Quem aposta contra o Brasil, sempre perde", escreveu.

 

 

Dilma Rousseff
Impeachment: Dilma Rousseff perde mandato e internet vai à loucura! Veja reações
Impeachment de Dilma Rousseff: presidente é afastada por até 180 dias e Michel Temer assume. Entenda
Impeachment de Dilma Rousseff: veja os memes da votação no Senado, com a hashtag TchauQueridaDay!
Impeachment de Dilma Rousseff: Presidente interino da Câmara suspende ação e internet reage!
ver todas as notícias de Dilma Rousseff Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema