Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

No vídeo "100 Years of Beauty - Episode 11: Brazil": veja a beleza do nosso país ao longo de um século
Os movimentos culturais e artistas de cada época influenciam a mulher tropical.

Há 11 meses atrás o canal do YouTube WatchCut começou um projeto que pretendia mostrar as mudanças que ocorreram na aparência das mulheres ao longo do último século. Cada vídeo da série "100 Years of Beauty" retratava a beleza de uma etnia ou país específico: Corea, Rússia, Índia etc. O episódio 11 foi lançado recentemente e, adivinha quem foi homenageado? O Brasil! No entanto, há um ponto de conflito nisso daí: é uma ruiva quem está representando a mulher brasileira.

Se você imaginava que veria alguém com traços de Bruna Marquezine na produção, se enganou! No que diz respeito à referências históricas da cultura do país, o canal até que se saiu super bem na pesquisa. Os anos 40, por exemplo, foram marcados pelas cores e exageros de Carmem Miranda. Os anos 60 tiveram a Rita Lee - que parece ter sido a referência que levou a modelo portuguesa (e não brasileira!) Cintia Dicker a ser escolhida como a figura da mulher tupiniquim. Também passou pelas referências a rainha dos baixinhos Xuxa, com aquele rabo de cavalo no alto da cabeça, típico dos anos 90.

Mas vale refletir: o que fez o "WatchCut" reunir a mulher brasileira nesse perfil de ruiva, magra, da pele e olhos claros? Nós, que vivemos aqui, sabemos que nossos habitantes mais orginais eram os índios. Esses, por sua vez, tiveram suas relações com os europeus e afrodescendentes, gerando uma variedade de raças híbridas. Tudo isso longe de ser como a ruiva do vídeo. Depois desses sinais óbvios, como não questionar: o que mundo conhece e pensa sobre o Brasil, afinal de contas? Vocês, meninas da nação verde e amarela, se sentiram representadas nesses "100 anos de beleza" do vídeo? Conta pra gente!

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema