Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Google esconde o nome de mais de 100 mil europeus após nova lei
Google esconde o nome de mais de 100 mil europeus após nova lei
Empresa como Microsoft e Bing também terão que acatar às novas regras.

Os cidadãos europeus ganharam em maio de 2014 o "direito de serem esquecidos". Isso porque o Tribunal de Justiça da União Europeia determinou que sites de busca, como o Google, terão que retirar resultados ligados ao nome da pessoa, caso ela solicite. A regra só não vale para pessoas que ocupam cargos públicos.

A nova medida está gerando polêmica. Quem ficou contra a lei afirmou que ela é uma nova forma de censura. De qualquer forma a Googlerecebeu uma lista com 328 mil links para serem escondidos dos resultados. Destes, 100 mil já foram devidamente "removidos". As solicitações foram enviadas por cerca de 91 mil europeus.

Pedidos recusados

A Google informou às autoridades que 30% dos pedidos foram recusados, e para outros 15% foram solicitadas mais informações. Para facilitar a vida de quem quer "desaparecer", a Microsoft criou um formulário no qual o solicitante deve dizer se o conteúdo da página está incorreto, desatualizado ou inapropriado. Bing e Yahoo também devem respeitar a nova medida.

Google
Vem entender o que é esse tal de Stadia, novo serviço da Google, e tudo que você pode fazer com ele
Novela "Tempo de Amar": Lucinda (Andreia Horta) arma barraco após ser abandonada por Inácio
Whindersson Nunes lidera lista do Google de mais influentes do Brasil
"Já Pesquisei no Google": hashtag toma conta do Twitter e ganha respostas hilárias! Confira
ver todas as notícias de Google Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema