Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

"Segundo Sol" traz assuntos polêmicos de forma bem errada
"Segundo Sol" traz assuntos polêmicos de forma bem errada
Ultimamente, as novelas vêm abordando vários assuntos importantes, como temas LGBTQ+, gordofobia, machismo, estupro etc. O problema é que a novela das 21h da Globo está falando sobre alguns desses casos, mas de forma bem errada, que causa até um desserviço aos que não estão muito familiarizados ou até quem tem muito que aprender com isso e ouve de maneira errada nas telinhas. Aí não dá, né?!

É lindo quando ligamos a televisão e vemos finalmente que as questões LGBTQ+ estão sendo abordadas, ou que está rolando uma conscientização sobre esse assunto e muitos outros, como machismo, agressão e tal, né? O problema é que nem sempre essas coisas são abordadas de forma correta e acabam gerando um desserviço geral e esse é o caso de "Segundo Sol", da Globo. Aí é um problema e dos grandes, né?

De todas as coisas negativas que a trama oferece, três chamaram muita atenção e geraram críticas por aí. A primeira é o caso de Maura (Nanda Costa) com Ionan (Armando Babaioff). Para quem não lembra, a policial estava casada com Selma (Carol Fazu) e além de trair a amada, começou a viver um romance com um homem. "Ué, o que tem de errado nisso?", "Bissexualidade existe, sabia?". Sim, é real, a visibilidade bi ainda está em baixa e pouco aparece nas novelas, mas o problema é que, na novela das 21h da Globo, Maura sempre mostrou que era homossexual e o fato dela viver um romance com um homem agora só levanta mais uma vez aquela teoria de que "mulher só é lésbica porque não encontrou o cara certo". Prato cheio pros homofóbicos e machistas de plantão, não?

Em "Segundo Sol", Maura (Nanda Costa) e Ionan (Armando Babaioff) vivem romance e isso não é legal para a visibilidade lésbica
Em "Segundo Sol", Maura (Nanda Costa) e Ionan (Armando Babaioff) vivem romance e isso não é legal para a visibilidade lésbica

Falando ainda um pouco sobre machismo e agressão, Rochelle (Giovanna Lancellotti) fingiu ser agredida e estuprada por Roberval (Fabrício Boliveira) e ainda usou o argumento que "as mulheres não se calam". Realmente, muitos casos vêm à tona e as mulheres têm MESMO que falar e denunciar casos de assédio, estupro e agressão, mas será que os autores da novela não pensaram que isso tudo serviria como um grande gatilho para quem REALMENTE passa por situações assim? Fora a credibilidade que é colocada em risco, a julgar que maioria das mulheres que denunciam são questionadas por mil e um motivos ou são obrigadas a ouvir que 'gostam de apanhar', só porque não falaram antes por questões de segurança. Ver uma pessoa mentindo sobre o assunto em rede nacional só vai colocar em questão a credibilidade das mulheres que passam por problemas desse gênero. Triste, porém verídico.

Em "Segundo Sol", Rochelle (Giovanna Lancellotti) finge que foi estuprada e levanta questões pesadas e importantes
Em "Segundo Sol", Rochelle (Giovanna Lancellotti) finge que foi estuprada e levanta questões pesadas e importantes

Agora a questão é outra: religião. Quase sempre nos deparamos com notícias sobre centros espíritas, barracões de Candomblé e Umbanda sendo depredados e completamente destruídos, né? As religiões de origem africada ainda sofrem MUITO preconceito e as entidades são vistas por muitos como "demônios". Em um dos capítulos, Laureta (Adriana Esteves) agradece a Exú e à Pomba Gira por seu plano de incriminar Luzia (Giovanna Antonelli) pelo falso assassinato de Remy (Vladimir Brichta) ter dado certo. Agora imagina isso na cabeça dos preconceituosos: a vilã agradecendo por uma coisa super ruim a duas entidades? Só levanta ainda mais a teoria de que essas religiões não propagam o bem e que as pessoas que as seguem são ruins. Esse pré-julgamento é tão errado que não conseguimos nem expressar em uma frase.

Em "Segundo Sol": Laureta (Adriana Esteves) agradece à Pomba Gira por crime e traz preconceito contra religiões à prova
Em "Segundo Sol": Laureta (Adriana Esteves) agradece à Pomba Gira por crime e traz preconceito contra religiões à prova

Ao mesmo tempo que muitas novelas passam uma lição de como respeitar e amar o próximo, "Segundo Sol" vem mostrando coisas extremamente negativas e sem ao menos se importar com o que o espectador vai interpretar disso. E essa questão é extremamente séria e exige maior responsabilidade da emissora.

Segundo Sol
Danilo Mesquita também deu aquela repaginada depois de "Segundo Sol" e está gato como sempre!
Ícaro pode ter perdido Rosa, mas o gato vai se dar bem no amor em "Segundo Sol"
Em clima de reta final, veja a evolução dos personagens de "Segundo Sol"
Karola vai pedir perdão à Luzia no penúltimo capítulo de "Segundo Sol" e esse momento é nosso!
ver todas as notícias de Segundo Sol Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema