Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Cotas para concursos públicos foram aprovadas
Cotas para concursos públicos foram aprovadas
20% das vagas serão destinadas a afrodescendentes classificados.

Com a intenção de promover a igualdade racial, o senador Humberto Costa (PT-PE) relatou o projeto de cotas para concursos públicos. A proposta foi aprovada, nessa quarta-feira (7), pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado. Ela vai garantir, aos negros, 20% das vagas em exame para trabalhar em cargos públicos.

Na câmara as cotas foram aprovadas por 314 votos contra 36. Ainda é preciso que a presidente Dilma Roussef sancione o projeto. Ele vai funcionar por 10 anos consecutivos e garante a pessoas de pele negra ou parda uma parcela das vagas de concursos em órgãos da administração pública federal, fundações, empresas públicas, e sociedades controladas pela União.

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) acredita que 10 anos é tempo suficiente para a sociedade evoluir e se tornar mais homegênea. "Penso que após esse tempo haja uma condição de maior igualdade para todos os brasileiros e brasileiras", afirma o político.

Os concursos que enviarem os editais antes da lei ser sancionada vão ficar de fora do programa. Se quiser participar das cotas, o candidato precisa selecionar a cor negra ou parda no momento da inscrição do concurso público.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema