Jornalista e entusiasta do pop, posso escrever o dia todo sobre Taylor Swift ou BLACKPINK, enquanto maratono minhas séries preferidas.
9 Fotos
Veja as fotos!
Nós adoramos falar sobre pessoas tóxicas e relacionamentos nocivos para a saúde mental - o que é ótimo! Mas nem sempre paramos para refletir se estamos sendo o tóxico do rolê. Infelizmente, podemos ter atitudes e ações que realmente fazem mal para es outres sem perceber. Por sorte, o Purebreak veio te ajudar com quiz especial. Faça o teste e descubra se, mesmo sem saber, você está sendo tóxice.

As relações tóxicas são reais e podem acontecer com qualquer pessoa. E não é só de namoro que estamos falando! As pessoas são tóxicas com amigues, familiares, no ambiente de trabalho e em outros contextos com mais frequência do que você pode imaginar.

Infelizmente, na maioria das vezes, quem está sendo nocive para e outre não percebe o seu comportamento, nem reconhece as suas falhas. Assim, é ainda mais difícil mudar, já que o problema nem está sendo notado.

Por exemplo, você já questionou se estava sendo tóxice em alguma relação sua? O Purebreak preparou um teste para te ajudar analisar suas ações e finalmente saber o quão tóxico é o seu comportamento. Confira!

Relações tóxicas são muito comuns

Quando a gente fala que ações tóxicas são mais comuns do que podemos achar, é verdade. Em um estudo divulgado pela revista Forbes, 80% dos participantes de uma pesquisa afirmaram já ter sofrido com algum tipo de abuso emocional. Segundo a matéria, a principal fonte de tensão vem de chefes do trabalho, porém, muitos já tiveram amigues tóxices ao longo da vida.

Outro ponto que nem sempre ganha atenção, mas que é bem recorrente, é o abuso entre familiares, que pode acontecer quando se tem pais tóxicos, por exemplo. Isso pode rolar com comparações constantes entre irmãos ou até mesmo uma falta de empatia com os problemas dos filhos.

Independente do nível de parentesco ou intimidade, esses problemas podem afetar qualquer um, prejudicando a autoestima e confiança de tantas pessoas.

Se atente ao sinais de um comportamento tóxico

O primeiro passo para mudar um comportamento tóxico ou sair de uma relação nociva é reconhecer o problema. Em trecho do livro "Toxic People", destacado pelo veículo The Claríon, a psicóloga Lillian Glass explica os sinais de um relacionamento tóxico: "É quando, em qualquer relação, as pessoas não se apoiam, em que há conflito e a tentativa de diminuir o outro".

Basicamente, qualquer lugar em que você é julgade e não se sente aceite, não vale a pena. É preciso lembrar também que existem níveis e tipos de pessoas tóxicas. Por exemplo, nem todes se comportam da mesma maneira e nem sempre agem com maldade.

Alguém tóxice pode desmerecer as suas vitórias ou te fazer se sentir culpade por coisas pequenas. Há também aquele que lida como se o seu problema fosse o maior do mundo - ignorando as questões alheias - ou que, por outro lado, acha que todo desabafo de amigues e familiares é "drama".

Ou seja, são muitas variantes e todo cuidado é pouco - para não sofrer e nem ser uma pessoa tóxica.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema