Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Durante uma coletiva de imprensa o diretor da atração, Ricardo Waddinton, deixou escapar que esta pode não ser a última temporada da atração. Além disso, Fernanda Lima afirmou à revista "Vogue" que falar de sexo na TV ainda é um "tabu".

A apresentadora Fernanda Lima abriu o jogo sobre o seu programa para lá de sensual "Amor e Sexo". A beldade deu uma entrevista à revista "Vogue" e contou que mesmo depois de quatro anos à frente da atração, ela ainda acha difícil tratar do tema em rede nacional.

"É um tabu falar de sexo. Desde o início, mexi no texto do programa. Nas duas últimas temporadas, fui mexendo mais e com mais propriedade. A Globo apostou em mim, sinto que segurei a peteca e isso me deu muita confiança", explica a loira que é casada com Rodrigo Hilbert e tem dois filhos gêmeos, João e Francisco.

"E se o 'Amor e Sexo' não acabar?"

Durante uma coletiva de imprensa para apresentar as novidades do "Video Show", o diretor do programa, Ricardo Waddington, deixou escabar que "Amor e Sexo" não vai mais acabar, desmentindo os rumores de que a atração chegaria ao fim. "E se o 'Amor e Sexo' não acabar mais?", indagou ele surpreendendo os jornalistas.

A atração, que já mostrou o ator Otaviano Costa pelado, é bem engraçada e está agradando os brasileiros. Fernanda acredita que o humor tem deixados as pautas de cunho sexual mais leve. "Tem sido um desafio. Temos que agradar as famílias, divertir as pessoas e deixar tudo mais leve e gostoso. Quando você faz as pessoas rirem, ganha pontos também".

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema