Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Além disso, Tyrion (Peter Dinklage) recebe uma proposta irrecusável e Jon Snow (Kit Harington) é desafiado na Muralha.

Ninguém teve um início de quinta temporada tranquilo em "Game of Thrones". Mas para Daenerys (Emilia Clarke) e Jon Snow (Kit Harington) o buraco foi mais embaixo, já que os dois começaram a enfrentar as dificuldades que a liderança traz para suas vidas.

Tyrion (Peter Dinklage), como sempre, perdeu as esperanças para um futuro melhor assim que saiu do caixote que o levou para bem longe de King's Landing e do ódio de Cersei (Lena Headey). Só que tem gente que ainda acredita no potencial do anão, não é Varys (Conleth Hill)?

A morte de um líder

Finalmente os fãs puderam ver o problemão que Khaleesi está carregando nas costas desde quando prendeu seus dragões. Depois de ouvir conselhos de Daario (Michiel Huisman), seu novo amante, a Rainha foi visitar Rhaegal e Viserion e acabou se assustando ao quase ser assassinada pelos seus próprios filhos! Será que ela vai perder a sua majestade?

Enquanto isso, depois de ouvir uma proposta de Stannis (Stephen Dillane), Snow precisou falar com Mance Rayder (Ciarán Hinds), o líder dos Selvagens. O objetivo da conversa era passar a ordem de que ele deveria se ajoelhar perante o novo soberano. Lógico que ele nunca faria isso, o que levou a um resultado trágico em que todos os súditos assistiram Rayder ser queimado vivo.

O que você acha que vem por aí? "Game of Thrones" vai ao ar aos domingos, às 22h, na HBO!

Game of Thrones
Machismo nos bastidores de "Game of Thrones": Emilia Clarke foi pressionada a ficar nua na série
O spin-off de "Game of Thrones" foi oficialmente cancelado pela HBO
"Game of Thrones" não merece ganhar prêmios no Emmy 2019 e estes são os motivos
De favoritos aos injustiçados: tudo o que você precisa saber sobre o Emmy 2019
ver todas as notícias de Game of Thrones Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema