Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Está tudo bem se você ainda não decidiu que carreira seguir!
Está tudo bem se você ainda não decidiu que carreira seguir!
Todos nós temos dúvidas sobre vários aspectos de nossas vidas. Podem ser coisas simples, como a escolha da roupa do dia ou que música ouvir, mas algumas são bem sérias e até um pouco complicadas, como que carreira escolher seguir. A galera do Purebreak sabe que tem muita gente que demorou a escolher com o que quer trabalhar a vida toda, mas fique sabendo que não é nada ruim se você ainda não achou a profissão dos sonhos ou se está em dúvida entre duas coisas. Tudo a seu tempo!

A escolha de uma profissão para seguir pelo resto da vida é um momento bem temido por MUITAS pessoas. Pode parecer uma das decisões mais importantes de todas e a pressão em torno do assunto sempre gera a famosa indecisão e, com ela, aquela sensação de que as coisas não vão dar certo. Mas calma! Isso não é um problema que não possa ser resolvido! Você vai sim se encontrar e fazer o que ama, é só ter paciência.

Por isso, a galera do Purebreak decidiu te explicar porque não é uma coisa ruim demorar para escolher uma profissão e também te dar umas dicas para facilitar esse momento da sua vida.

Não é o fim do mundo!

Logo no final do Ensino Médio, bateu o famoso pensamento sobre o que eu faria a seguir. Eu nunca soube exatamente o que queria, só sabia que era muito boa em Matemática, Física, Português e Línguas. Meus amigos sempre disseram que eu tinha jeito para Comunicação, mas eu não dava bola porque não queria nada a ver com Humanas. Meus pais sempre disseram que eu deveria fazer o que eu gosto, o que ajudava, mas não resolvia o problema que era saber qual faculdade escolher.

Resultado de imagem para student gif

Nisso, eu fiquei mais de um ano só estudando, sem entrar para nenhuma faculdade. O medo de perder tempo foi crescendo e a cobrança dos familiares também, afinal, quanto mais tarde eu começasse a graduação, mais atrasada e mais velha eu iria estar quando terminasse - só que não. Mesmo sem ter certeza, eu comecei Matemática, cursei dois períodos e acabei não gostando. Daí passei para Física, que era legal, mas eu não queria ser professora, foi então que eu passei para Estatística. Comecei a estudar e amar o ambiente da faculdade, mas vi que o emprego que aquele curso iria oferecer não teria nada a ver com minha personalidade.

Eis que eu decido mudar da água pro vinho e escolho começar Jornalismo. Logo no início eu consegui um estágio e vi que a profissão tem tudo a ver comigo mesmo! Além de ficar por dentro de tudo que rola no mundo, eu conheço pessoas incríveis e ainda posso escrever minha opinião sobre assuntos que eu realmente gosto de falar. Eu demorei muito tempo para escolher o que queria ser, mas quando me decidi, percebi que o "tempo perdido" não foi desperdício nem nada do tipo. Foi só uma fase de experiência que eu precisava passar para fazer o que amo.

Você também consegue!

Resultado de imagem para you can do it gif

Se liga nessas dicas para você não ficar completamente perdido quando o assunto for escolha da sua profissão:

Ache seus pontos fortes

Na sua escola, você tira notas boas e algumas nem tão boas assim, né? Então, comece por aí e procure áreas que tem a ver com aquela matéria. Se você curte muito desenhar, pode pesquisar sobre Desenho Industrial ou Arquitetura. Se curte mais Química, algo como Farmácia pode ser legal pra você.

Converse com profissionais

É super importante falar com pessoas que já trabalham na área que você está interessado, porque são eles que vivem aquilo no dia-a-dia e podem te contar as coisas boas e nem tão boas que rolam. Se não conseguir achar ninguém, corre pro YouTube porque tem várias entrevistas desse tipo lá.

Imagem relacionada

Tchau pressão!

Se você fizer tudo isso que a gente disse e mesmo assim ainda não souber o que quer, não precisa pirar. Você pode começar algum curso profissionalizante ou fazer alguma atividade que não tenha a ver com estudos enquanto não decide. Uma hora você acha o que é certo pra você, só não desista!

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema