Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

5 Fotos
Iniciar o slideshow
Pesquisadores americanos garantem que conseguiram criar uma espécie de músculo robótico movido a dióxido de vanádio que é capaz de levantar 50 vezes seu peso!

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em Berkeley, nos EUA, garantem que conseguiram criar uma espécie de músculo robótico movido a dióxido de vanádio que, em tese, é capaz de levantar 50 vezes seu peso. Assim, esse músculo robótico é cerca de mil vezes mais forte que a média dos humanos.

Segundo os cientistas, isso foi possível graças a contração e expansão do dióxido de vanádio a 67° C. Os números são impressionantes: Um músculo robótico movido a dióxido de vanádio poderia levantar objetos 50 vezes mais pesados que ele próprio e em uma distância de cinco vezes o próprio comprimento. Tudo isso em apenas 60 milissegundos, menos que um piscar de olhos!

Não há previsão para que esse tecnologia seja incorporada pela indústria, mas já da pra se ter uma ideia de que robôs ultrafortes não são só coisa de filme. Além disso, segundo os pesquisadores da universidade norte-americana o músculo robótico pode vir a servir não só para criar robôs extremamente fortes, como também poderia ser usado em outros tipos de eletrônicos, tornando-os energeticamente mais eficientes.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema