Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Você anda se cuidando mesmo durante a quarentena? Além da saúde mental, é legal manter o corpo na ativa para ter uma boa qualidade de vida. Nada de pensar só em emagrecer, hein? Uma prática bem leve, agradável e possível de ser feita em casa é o yoga. Confira os exercícios mais comuns para começar a praticar!

Durante o período de isolamento social, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alterou as recomendações de horas exercitadas necessárias para que uma pessoa não seja considerada sedentária. Isso porque quem pôde ficar em casa acabou deixando de se exercitar como antes. As práticas de autocuidado se tornaram ainda mais importantes e ganharam novas questões. Além dos famosos cuidados de skincare, que eram assunto principal nesse quesito, agora devemos nos atentar para nosso psicológico, as atividades físicas e cuidar da saúde como nunca antes.

Self-Care Autocuidado Sticker by Não Aguento Quando for iOS & Android |  GIPHY

A prático de yoga é uma ótima solução. Ela mantém seu corpo mais relaxado e alongado com o tempo. A evolução nos exercícios ainda dá aquele gás para continuar. Além disso, não podemos esquecer que o yoga também cuida da saúde mental. Claro que você não deve deixar de consultar um psicólogo, caso queira lidar melhor com este período tão turbulento, mas a meditação e a filosofia por trás dos exercícios também ajudam a combater a ansiedade e o estresse.

Bora começar desde agora? Conheça mais sobre essa prática física e mental com algumas posições iniciais do yoga.

Sequências de exercícios do yoga

1. Saudação ao sol

A vida existe também por causo do Sol. Que tal fazer uma saudação a ele? Esse é o primeiro exercício normalmente apresentado na prática de yoga. O Sol representa a clareza e o conhecimento, a intenção é despertá-los em nós. Saudar alguma coisa no yoga é muito mais do que um aceno, mas representa uma bênção e sintonia de alma com o ser saudado. Os movimentos imitam o nascer e o pôr do Sol, por isso é aconselhável fazê-los nesses dois períodos do dia. Com eles você desenvolve a postura, os músculos e a concentração mental.

2. Saudação à Lua

A prática de saudação à lua é um reflexo do exercício anterior. Isso porque a lua não tem luz própria, ela reflete a iluminação solar. No exercício, a intenção espiritual é absorver as energias relaxantes, refrescantes e criativas do satélite. Sabe aquela dor nas costas, nas pernas e nos músculos? Elas podem ser evitadas com o alongamento gerado no exercício. Mas, calma, é normal que no início você ainda sinta uns incômodos no corpo, que serão inibidos a partir da prática constante.

Posições do yoga para praticar

Essas séries de exercícios são montados dentro de uma sequência lógica, mas você também pode tentar reproduzir algumas posições separadas. Lembre-se sempre de tomar muito cuidado e ir devagar, respeitando seu corpo. Beleza? Veja outros exercícios que não estão nessas saudações que acabamos de mostrar.

3. Postura da pinça

É um exercício bem simples e básico. Como mostrado no vídeo, basta sentar com as pernas esticadas e paralelas, depois inspirar levantando os braços e ir em direção aos pés.

4. Postura do peixe

Agora, deitade, você vai colocar as duas mãos embaixo do seu corpo, como na imagem, e inspirar enquanto levanta a parte superior e encosta a cabeça no chão. Não esqueça de fazer respirações ainda na posição e depois relaxar devagarinho. Bem de boas!

5. Postura do gato/vaca

Na posição de quatro apoios, você vai alinhar bem as regiões encostadas no chão. Depois inspire levantando a cabeça e expire a abaixando. Assista o vídeo para entender melhor o que deve ser feito durante as respirações.

6. Postura do tigre

Mantendo a mesma posição inicial do exercício anterior, inspire esticando a perna direita atrás e depois dobre-a a 90º. Vá levando a perna mais pra cima enquanto inspira, abaixe-a e faça com o outro lado. O quadril fica fechado, é essencial para tenha efeito.

8. Postura da árvore

Chegamos àquela famosa posição do yoga muito reproduzida em fotos. Apoie um pé na parte de cima da perna ou no tornozelo, se for muito difícil. Junte as mãos na direção do peito e depois estique-as para cima. Esse exercício obviamente é ótimo para o equilíbrio. Concentre-se e sinta seu corpo.

Com essas sequências e posições, você pode começar sua prática de yoga. Não se force demais sem a ajuda de um(a) instrutor(a) e procure estudar a filosofia para trabalhar a mente também. Separe seu colchãozinho ou toalha e mantenha esse corpinho ativo! Combinado?

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema