Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

.......
6 Fotos
Iniciar o slideshow
A pressão e a agenda lotada fizeram com que Yudi Tamashiro tivesse sérios problemas com alcoól durante o período do "Bom Dia & Cia". O ex-apresentador relembra que já ficou dias sem dormir e já teve que sair do palco do programa para vomitar, após ter exagerado na bebida na noite anterior. Pesado! Ou seja, até onde é saudável um adolescente ter uma agenda tão atribulada?

Yudi Tamashiro era seguido por uma multidão de fãs, especialmente quando apresentava o "Bom Dia & Cia", do SBT, - assumindo a responsabilidade ao lado de Maisa Silva e Priscilla Alcantara. Mas o ex-apresentador passou por um período bem pesado ainda nesta época. O artista revelou que já ficou dias sem dormir e abusava das bebidas alcoólicas.

A falta de tempo fazia com que o cara virasse noite para poder se divertir. Vale lembrar que Yudi estava na fase da adolescência e, querendo ou não, ainda estava amadurecendo muitas ideias. "Droga eu nunca me envolvi, não tive curiosidade e nunca gostei, até porque a minha turma, do sertanejo, não usava droga, gostava de beber. Como eu trabalhava muito, o tempo que eu tinha, tinha que aproveitar. Tenho das 23h às 5h, é o tempo que tenho para ficar louco e arregaçar tudo", conta em entrevista ao programa "Superpop", da RedeTV!. "Com 17, 18 anos, está com pique. Ficava três dias virado direto, e sem droga, era só bebida. Melhorava e ia de novo. Saía da balada, pegava as meninas e levava para minha casa. Deixava elas dormindo, voltava do programa, elas estavam na sala e eu: Qual seu nome mesmo, menina?'. Eu sem dormir e a gente saía de novo", relata.

Yudi ainda vai mais a fundo na revelação e diz que já precisou sair do palco da atração para vomitar. "Eu vomitava, cheguei num nível que chamava o desenho e corria pro banheiro para vomitar. Vi a minha vida indo pro ralo", finaliza. Até onde é saudável um jovem ter a agenda cheia e ser uma figura pública seguida por uma multidão? Vale a reflexão...

Atualmente

Yudi, aos 27 anos, agradece pela chance de ter amadurecido nesses últimos anos. "Essas coisas mexiam um pouco comigo. Não me arrependo pois tudo o que vivi foi um testemunho e tudo o que eu passei serviu de exemplo para outros jovens. Tudo aquilo era uma forma de eu buscar uma felicidade por tanta cobrança, esforço e responsabilidade. Meus pais largaram os empregos para viver a minha vida, eu precisave deles do meu lado. Eu sentia que tinha uma grande responsabilidade", desabafa. Ainda bem que aquela fase ruim passou, né?

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema