Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Nós fomos acompanhar a última apresentação do grupo liderado por Adam Levine no Rio de Janeiro ao lado de uma super fã e conseguimos ver direitinho todas as reações que alguém muito apaixonado por uma banda tem ao vê-los ao vivo de pertinho. Com grandes hits e um coral incrível, vem saber as reações que todo mundo tem no show deles e de qualquer artista favorito.

O Maroon 5 veio ao Brasil em 2020, para a alegria dos fãs da banda, que é uma das mais queridinhas do mundo! A "2020 Tour" passou por quatro cidades do país (São Paulo, Brasília, Recife e Rio de Janeiro) e garantiu à sua legião de admiradores tudo que eles queriam: hits, emoção e muitos momentos inesquecíveis! O Purebreak estava presente no último, no Rio, e escolhemos por lá a fã Amanda Capella para acompanhar as reações dela na apresentação da sua banda favorita e fazer uma lista sobre isso para que você, mesmo que não curta muito o Maroon, identifique como também fica assim quando vê seu maior ídolo de pertinho. Vamos lá?

1. Surtar ao ouvir os principais hits da carreira

Sejam músicas novas, como "Memories" ou "Wait", ou as mais antigas, como por exemplo "Sugar" e "This Love", não teve um fã que não pulou e cantou a plenos pulmões os singles de maior sucesso do Maroon 5. Para Amanda, que não ficou pra trás na hora da cantoria, era praticamente impossível ouvir a voz do Adam Levine, de tanto que as pessoas gritavam as letras das faixas e, principalmente os refrões.

2. Morrer de amores com o momento que a banda conversa com o público

Quem é fã de Maroon 5 sabe que os caras praticamente todos os anos estão marcando presença aqui pelo Brasil, justamente porque tem fãs aqui que os seguem por todos os lados. E, no show do Rio de Janeiro, Adam fez questão de deixar isso bem claro: "O brasileiros cantam e sabem nossas músicas mais que nós mesmos, com muita paixão. Nunca vamos parar de vir aqui". Como evitar que o coração pare depois de ouvir uma garantia do seu artista favorito de que eles sempre voltarão para o seu país?

3. Ganhar surpresas, como músicas que não estão na setlist

Amanda se surpreendeu muito com uma surpresinha que a banda preparou para os fãs do Brasil: a música "Won't Go Home Without You", que, segundo ela, não costuma estar na setlist deles para as apresentações ao vivo. E Adam disse que fez questão de colocá-la no show, porque, desde quando participaram do Rock in Rio, perceberam como os brasileiros a amam. Uns lindos, né?

4. Ficar feliz com tanta gente apoiando a banda

Capella destacou pra gente que nunca viu um público tão variado em um show solo - sem ser festival - que foi. Desde idosos até criancinhas (que tavam em grande número por lá), todos curtiram muito a energia boa e dançaram os hits do grupo. Para ela, dá muito orgulho ver isso acontecer: "Fiquei muito impressionada, achei muito legal de ver os filhos nos ombros dos pais aproveitando como se tivessem em um show de criança e é Maroon 5, sabe? Foi diferente a vibe, curti".

5. Sofrer de expectativa para ver o Adam Levine sem camisa

Os outros itens dessa lista podem se aplicar facilmente pros admiradores de outros artistas e bandas, mas esse daqui é exclusivo para os fãs de Maroon 5. Atire a primeira pedra quem não espera ansiosamente o momento em que o Adam vai tirar a blusa no show! Porque Amanda, nós mesmos e qualquer pessoa que estava lá na apresentação do Rio de Janeiro não via a hora disso acontecer, mas... não é que ele não tirou? Infelizmente pro público carioca, não foi dessa vez que vimos o corpão do vocalista gato. "Ele não tirou a blusa, pra mim, isso é um ponto negativo gigantesco. Acho que todo mundo à minha volta ficou triste por isso", brincou a superfã.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema