Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Mas, nada de casamento, pelo menos por enquanto! Alice Wegmann fala sobre seu relacionamento com o chef Miguel Ribas Gastal, diz que foi ela quem pediu o rapaz em namoro, mas que está aproveitando sua independência, agora que mora sozinha. Olha, sinceramente nem deve ser possível amar mais ainda essa fada!

A Alice Wegmann é simplesmente perfeitinha e isso não é dúvida para ninguém. Mas vocês sabiam que até o relacionamento da atriz é todo maravilhoso! A global fala que foi ela quem oficializou seu relacionamento com o chef Miguel Ribas Gastal e fala de uma forma toda amorosinha sobre o amado, o que faz nosso coração derreter ainda mais nesse Dia dos Namorados!

Em entrevista à Marie Claire, contou um pouco mais sobre o @: "Ele tem 29 e é seis anos mais velho do que eu. O conheci há três, por meio de amigos, mas ele namorava, então só olhei de longe. Nossa relação é incrível e ele é bem parecido comigo, tem essa abertura para tudo, uma generosidade com as pessoas", diz. Mas como será que essa relação começou? "Como eu descobri que eu estava apaixonada? A gente começou a flertar virtualmente. A gente demorou dois meses antes de ficar, no primeiro momento, no primeiro beijo, eu falei 'Meu Deus' e acabou que a gente está junto até hoje! E fui eu que pedi ele em namoro! (risos) 'E aí, quer namorar comigo?' e aí rolou. Ele é o cara mais especial, realmente a gente se conectou de uma forma muito incrível. Ele é, nossa... Muitos corações", se declara. Um casalzão desses, bicho!

Mas se engana quem pensa que a atriz está pensando em subir ao altar por agora! "Ainda não temos planos de casamento, mas esse é um assunto que já faz parte das conversas com a minha mãe. Sinto uma leve cobrança da parte dela. Uma das coisas que ela me disse quando saí de casa foi que ela achou que eu só o faria quando casasse. Respondi que isso nunca fez parte da minha natureza, sempre prezei pela minha independência. Mesmo depois de casar, não sei dizer se quero morar junto. Gosto de ficar comigo mesma, fazer minhas coisas. É algo que sempre tive com outros namorados: o respeito pelo tempo e pelo espaço de cada um. Não abro mão", finaliza.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema