Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Ator interpreta um serial killer na nova trama da Globo.

Bruno Gagliasso é só ansiedade para estreia do seriado "Dupla Identidade", da Globo. Na trama, o galã deixa o lado bom moço para trás e aposta em um serial killer. O personagem Edu é complexo e cheio de crueldade e se firma como um dos pontos altos da carreira do ator.

O gato deixa bem claro a importância o papel: "O desconhecido é muito fascinante, mas é justamente por não conseguir entender que ficamos tão fascinados. Por isso existem tantos seriados sobre serial killers hoje, e por isso estamos aqui, tentando entender esse universo", explica ao site GShow.

As aparências enganam!

Jovem, inteligente e bonito, Edu é o cara que toda mulher sonha. Só o que ninguém imagina é que por trás dos olhos azuis esconde uma personalidade de um criminoso. Ele seduz Ray, personagem de Débora Falabella, e mantém um relacionamento conturbado com a moça. Ao mesmo tempo, o protagonista trabalha com senador Oto (Aderbal Freire Filho), de quem se aproveita politicamente. Só que os passos desse psicopata são seguidos pelo delegado Dias (Marcelo Novaes) e a psicóloga forense Vera (Luana Piovani).

Para viver o papel, Bruno teve que trabalhar muito como ator: "É um personagem profundo, que requer estudo, exercício, preparação. Ensaiar foi essencial para passar o que a gente quer. A gente teve que estudar muito, através da ciência, da psicologia e dos jornais - porque é um tema muito real, muito próximo, e a gente não sabe. Conforme vai estudando, a gente vê que (um psicopata) pode estar do nosso lado", conta.

"Dupla Identidade" estreia dia 19 de setembro, na Globo , logo após o "Globo Repórter".

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema