Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Camila Cabello com "Romance": veja se a redação do Purebreak achou Hino ou Bomba
Camila Cabello com "Romance": veja se a redação do Purebreak achou Hino ou Bomba
É Hino ou Bomba? Pois é, temos mais um álbum maravilhoso entre nós: Camila Cabello lançou o "Romance" nesta sexta-feira (6) e é claro que nós do Purebreak estamos aqui para falar nossa opinião sobre as sete faixas do álbum. E aí, será que passou no teste? Entra aí para saber e, claro, deixe sua opinião!

Vocês achavam MESMO que dezembro não ia nos trazer lançamentos incríveis? Pois é, só nessa sexta-feira (6), vários artistas colocaram o seu talento para jogo e lançaram músicas e álbuns. Dentre eles, está Camila Cabello! O "Romance" está oficialmente entre nós e a equipe do Purebreak opinou: é Hino ou Bomba?

"Shameless"

Carol: "Eu sempre gostei muito, mas também sempre achei o refrão BEM genérico, acho que não encaixou muito bem em toda a força do restante da música."

Victor: "Antes de mais nada, preciso ressaltar que não acompanhei nenhum lançamento da Camila Cabello. Ou seja, tudo é mais ou menos inédito pra mim. 'Shameless' é uma boa música, acho que tem identidade. Ótima escolha para começar o álbum."

Larissa: "Bem meu estilo, amei o que a Camila Cabello fez nessa música! Entraria facilmente na minha playlist."

Iza: "Eu AMO Shameless. É o jeito perfeito de começar o álbum, ela acertou demais quando lançou como primeiro single. Você quer vocais? Camila entrega. Quer um clipe com conceito? Camila entrega. Quer batida cativante? Camila ENTREGA. Uma das minhas favoritas. É pra cantar bem alto, imagina isso em um show? Perfeita."

"Living Proof"

Carol: "Eu não sei se eu amo ou odeio essa mania da Camila de fazer falsete nos refrões hahaha A potência vocal dela sempre foi impressionante, mas acho que, em algumas músicas, isso pode estragar um pouquinho - e foi o que senti em 'Living Proof'. Mesmo assim, não deixa de ser uma música bem gostosinha de se ouvir..."

Victor: "A Camila está sempre sofrendo de alguma forma nas suas canções, né? Isso me incomoda um pouco..."

Larissa: "Apesar de ver a Camila mostrando sua potência vocal, acho que essa música é meio parecida com várias músicas."

Iza: "Vou confessar que de primeira não me conquistou, mas depois da apresentação no AMA, não consegui mais ignorar. Os vocais são 100% o destaque da faixa, e ela arrasou ao vivo. Eu adoro o beat da música toda, mas a abertura com essa viola que dá uma sensação de contos de fada é a melhor parte. Acho que segura bem como segunda música, te dá vontade de continuar ouvindo."

"Should've Said It"

Carol: "Que música maravilhosa! A minha preferida até o momento, fiquei completamente envolvida."

Victor: "Essa música não é ruim, mas acho que não possui muita personalidade."

Larissa: "Parece uma música boa dos anos 90. Gostei."

Iza: "E começa a influência latina no álbum! Eu amo de paixão esses violões, casaram bem com o beat que entra depois. Gostei bastante, mas não acho indispensável, talvez me ganhe quando ouvir mais vezes. O que achei engraçado é que me deu uma sensação de nostalgia, como um pop antiguinho, talvez início dos anos 2000? Não sei explicar."

"My Oh My"

Carol: "Não sei porque, mas me lembrou um pouco a INJUSTIÇADA 'OMG'. Ou seja, para mim, está aprovadíssima e sigo aplaudindo o trabalho da Camila de pé."

Victor: "Gostei, acho que pode ser um ótimo single."

Larissa: "A participação do DaBaby deixou tudo mais interessante. Dá pra colocar no repeat!"

Iza: "POP. PERFECTION. É sexy, fala do bad boy clássico, adulta. "Ele só quer uma coisa, mas eu também". Achei tudo. Tem toda cara de single, ainda mais por ser feat, tem ponte de rap... Dá vontade de dançar, mais um beat que eu amei. É disso que o povo gosta."

"Señorita"

Carol: "Ah, gente, nem precisa entrar em muitos detalhes aqui... A música é perfeita, o clipe mostra a sintonia perfeita desse casal maravilhoso... Amo e sempre defenderei 'Señorita'."

Victor: "Essa venceu a gente pelo cansaço, né? Já gostei mais, porém, não acho ruim - apesar de não shippar esse casal."

Larissa: "Hino total, amo demais essa belezinha. Shawn Mendes e Camila Cabello, contem comigo pra tudo."

Iza: "Lembro que quando lançou eu pensei "amei, mas vou enjoar rápido". Claramente eu estava COMPLETAMENTE ENGANADA. Eu amo como as vozes dos dois combinam, os vocais mais maduros (quem já era fã na época de I Know What You Did Last Summer sabe do que eu tô falando), e, mais uma vez, a influência da música latina, principalmente no violão. Ainda ouço sempre e nunca pulo quando aparece em alguma playlist no modo aleatório... Sei que entrou no "Romance" pra dar aquela bombada nos charts, mas ainda assim achei que encaixou com as outras músicas."

"Liar"

Carol: "Eu amo a vibe dessa música e como ela me deixa animada, de alguma forma."

Victor: "Na minha humilde opinião, era pra Camila Cabello abrir essa nova era com "Liar". Acredito que a música faria bastante sucesso. Mas já foi meio esquecida, né?"

Larissa: "Se você estava procurando alguma música pra fazer um vídeo dançando e mostrar todo seu gingado, "Liar" é uma ótima opção."

Iza: "A única que eu não vou ouvir tanto, porque sou traumatizada pelo clipe. Não acho uma música totalmente ruim, mas parece que foi arquitetada pra ter um vídeo bem novela mexicana. Não que eu não ame uma boa "Usurpadora", mas ficou meio clichê. Passo."

"Bad Kind of Butterflies"

Carol: "Eu sinceramente não curti muito essa música, logo de cara. E já to vendo que mesmo depois de um tempo, se eu der outras chances, não vai rolar... Não rolou essa sintonia entre nós haha."

Victor: "De fato, não aguento todo esse sofrimento. Próxima."

Larissa: "Não gostei muito, parece uma música de animação de terror."

Iza: "Meio dark, né? Tanto a batida quanto a letra. E QUE LETRA, meus amigos. Deve ter sido muito difícil escrever, ser tão sincera assim, pro mundo inteiro... Taylor Swift fazendo escola. Achei diferente, mas fora a letra, não me conquistou e nem acho que vai conquistar ouvindo mais vezes. "

"Easy"

Carol: "Eu acho essa música bem Camila MESMO, mas ainda não consegui me sentir 100% confortável ouvindo 'Easy', não sei porquê... Mas acho que essa é uma daquelas músicas que, com o tempo, vai ficando melhor."

Victor: "Ok, essa sofrência eu até curti."

Larissa: "É bem fofinha, dá uma sensação boa e tal, mas nada demais."

Iza: "Eu amo, mas pode ser por um motivo completamente emocional: a letra fala comigo, me identifico com cada palavra. Essa é pra mandar pro/a @ que você tá perdidamente apaixonada. Afinal de contas, o álbum é sobre romance, né?! Mas não sei se teve tanto impacto musicalmente... É lindíssima, mas será que é marcante pra quem não está amando?"

"Feel It Twice"

Carol: "Eu até gostei, achei bem tranquilinha, mas a letra realmente me tocou. Isso numa sexta-feira chuvosa é preocupante..."

Victor: "A impressão é que eu já ouvi Camila Cabello cantar isso."

Larissa: "Parece a abertura de 'La Casa de Papel', mas eu não gostei."

Iza: "Vocês vão perceber que eu sou completamente aficionada com as letras das músicas. E essa DOEU, nossa. Pra quem não sabe, a Camila começou a escrever pra esse álbum desde 2018 e durante os acontecimentos de 2019. Eu sinto que "Feel It Twice" foi uma das músicas escritas bem no início, muito antes do namoro com o Shawn começar, porque parece ser pra ele. E é a segunda vez no álbum que ela fala sobre "dois anos atrás"... Hm, tem história aí (de 2016, aparentemente) que a gente não sabe. Mas enfim, em relação à música em si, mais uma que eu gostei mas não acho indispensável. De novo senti uma certa nostalgia de pop antiguinho, então deve ir me conquistando depois..."

"Dream Of You"

Carol: "Eu gostei, mas achei bem clichê e nada surpreendente demais. Facilmente esquecível".

Victor: "Definitivamente, essas músicas dramáticas da Cabello não são pra mim."

Larissa: "Curti a batida e o refrão."

Iza: "A primeira frase da música e você já sabe pra quem é... Péssimo dançarino? Shawn, corre aqui. Bonitinha, fofa, cartinha de amor, mas não é minha favorita. Acho que vou passar."

"Cry For Me"

Carol: "Uma das minhas preferidas do álbum, sem dúvidas. O ritmo, a letra, a voz da Camila... Por mim, está tudo perfeito".

Victor: "Gostei do refrão, mas, no geral, achei a música um pouco igual a tudo o que ouvimos anteriormente."

Larissa: "Nessa parece que a Camila quer soar como alguma diva do pop."

Iza: "Eu amo ABSURDAMENTE e não sei explicar o motivo, pode ser pelas guitarras. E, dã, a letra. E a voz rouca perfeita dessa mulher. Ah, eu amo. É uma das minhas favoritas, ouço no replay, canto no chuveiro e quero ver ao vivo logo."

"This Love"

Carol: "É pra chorar? Comecei aqui, então... Gente, tocou lá na alma (e senti uma pontinha de Ed Sheeran, vocês não?)."

Victor: "Estou ficando triste."

Larissa: "Ouvir essa musica numa versão acústica seria tudo."

Iza: "Aaaaah a boa e velha "break up song", não tem como errar. É a baladinha do álbum e os vocais estão LINDOS DEMAIS. E tem até um paralelo com "Never Be The Same": You're in my blood, you're in my veins x Get out of my veins. Conceito, né? Amei."

"Used To This"

Carol: "Achei bem mais do mesmo também. Fiquei a música inteira com a impressão que já a tinha escutado antes, inclusive na própria voz da Camila. Achei bem parecida com outros trabalhos da cantora. Só que, nesse caso, não fiquei nem um pouquinho presa à música".

Victor: "Sim, mais uma música de sofrência. No entanto, essa traz mais personalidade. Ou seja, adorei. Acho que tem uma ótima pegada e é esse o caminho que Camila Cabello devia seguir"

Larissa: "Tem uma batida e refrão meio comuns, mas é fofa."

Iza: "É o hino ShawMila do "Romance". A própria Camila admitiu e, para o surto geral da nação, na versão física do álbum tem uma foto das mãos do Shawn justamente nessa música. Mais apaixonada que isso, @? Achei a letra super fofa e os vocais meio sussurrados dão uma sensação de vulnerabilidade que eu amo. É produzida pelo Finneas, irmão da Billie Eilish, e dá pra perceber a genialidade do cara no beat. Vou ouvir um milhão de vezes pra apoiar o meu casal, SIM. Os haters que lutem"

"First Man"

Carol: "Eu me identifiquei MUITO com essa letra, porque eu sempre tive um relacionamento excelente com meus pais e eles também sempre sentiram essa preocupação com a minha felicidade, com o tempo lá fora, se estão cuidando bem de mim... Meu olho encheu de lágrimas".

Victor: "Preguicinha que dá né, gente?"

Larissa: "Dá pra notar que essa foi a primeira música do álbum que Camila escreveu, é bem emotiva e sincera"

Iza: "Meninas que tiveram o privilégio de ter um pai coruja vão chorar horrores com essa música. É basicamente uma conversa com o pai sobre a transição de menina para mulher, sobre como ele foi o primeiro homem que te amou e agora te vê crescendo e sendo amada por outro homem. Linda demais, eu mesma chorei ouvindo a primeira vez. Mas acho que vai ficar um pouco esquecida, justamente por ser TÃO pessoal, como as músicas da Demi para o pai, sabe? Não tem o apelo comercial, mas parece que foi muito importante pra Camila colocar no álbum, então tá valendo."

Veredito "Romance"

Carol: "Hino! Camila Cabello nunca decepcionada e, para consagrar ainda mais seu nome, lançou esse álbum cheio de hits que não precisam ser single para virarem hit. Letras leves, ritmo gostoso, a Camila sempre está nos oferecendo músicas que podem ser ouvidas em qualquer momento. Estou bem feliz e orgulhosa do resultado, mas confesso que esperava um pouco mais - porque, mesmo com tantas músicas, uma grande parte é bem mais do mesmo e bem esquecível. Vamos aguardar os ~próximos capítulos."

Victor: " Olha, eu gosto da Camila Cabello, mas vou precisa dizer que "Romance" é bomba. Entendo que eles querem aproveitar um lado mais sentimental dela, como funciona para várias cantoras. Porém, acho que muitas músicas são mais do mesmo. Falta personalidade. No entanto, acho que Cabello manda muito bem cantando músicas mais agitadas e não entendo porque não investem mais nesse lado também."

Larissa: "Pra mim "Romance" é Bomba porque eu gostei de poucas faixas e, mesmo gostando, não lembraria de ouvir."

Iza: "Sou suspeita pra falar porque eu sou fã de carteirinha da fada cubana, mas é HINO sem sombra de dúvidas. É uma Camila mais adulta, um álbum com muito mais coesão do que o anterior, as músicas conversam entre si e os vocais estão impecáveis. Esse álbum é um presente pra mim, é bem o estilo do pop que eu tenho curtido. Sou apaixonada por música latina e as influências me deixaram muitooooo feliz, porque resgatam as raízes da Camila sem ser uma coisa exagerada (com a exceção de Liar). E como já falei, eu foco muito nas letras. Amo as que contam histórias, busco as teorias por trás, todos os significados. Nesse quesito, então, "Romance" é um prato cheio. Sinto que ela foi muito sincera e vulnerável, como já tinha dito que seria. Amei e vou ouvir muito!"

Camila Cabello
Camila Cabello pede desculpas por antigas publicações racistas que voltaram a circular na internet
É Hino ou Bomba? A redação do Purebreak conta o que achou de "Romance", novo álbum da Camila Cabello
Camila Cabello está cansada de ter que explicar que seu namoro com Shawn Mendes é real
A Camila Cabello assumiu que "roubou" uma coisinha do Palácio de Kensington e estamos chocados
ver todas as notícias de Camila Cabello Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema