Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Será que a justificativa de Shonda Rhimes irá convencer os fãs?!

Quem curte assistir "Grey's Anatomy" já deve está acostumado com as surpresas e polêmicas que envolvem o programa. Assuntos como a morte de algum personagem querido vivem em pauta. No final da 11ª temporada não poderia ser diferente. Mesmo depois de 10 anos no ar, a escritora da série, Shonda Rhimes, provou que ainda pode chocar o público. Depois de dar um fim a Derek Shepherd (Patrick Dempsey), ela resolveu explicar o motivo de ter escolhido esse destino para o personagem.

Durante um evento nos Estados Unidos, Shonda revelou que não queria estragar o sentimento verdadeiro que foi construído entre Shepherd e Meredith (Ellen Pompeo). Quem estava acompanhando a trama, deve lembrar como tudo se encaminhava para que os dois vivessem um relacionamento à distância. Mas, no fundo, não era esse o desejo da autora: "O que isso ia significar? Ia sugerir que o amor deles não era verdadeiro. Derek teve que morrer para o amor deles permanecer honesto, por mais doloroso que seja. Eu não podia deixar ele se tornar um cara mau que abandona os filhos e mulher. Tive que fazer isso para manter o sentimento deles 'congelado' no tempo".

Conhecendo bem o histório de "Grey's Anatomy ", mortes não signficam que tudo está perdido. Pelo visto, ainda vamos ver o rostinho do McDreamy circulando pelos corredores do Grey Sloan Memorial Hospital. Afinao, o ator renovou seu contrato por mais três anos. Parece que vamos ter um monte de flashbacks por aí.

Grey's Anatomy
Ellen Pompeo diz que "Grey's Anatomy" foi tóxica por 10 temporadas
Final de temporada de "Grey's Anatomy" tem demissão de médicos importantes do Grey Sloan Memorial
Vai rolar crossover de "Grey's Anatomy" e "Station 19" toda semana, afirma presidente da ABC
Você acha que já passou da hora de "Grey's Anatomy" acabar? Vote na nossa enquete!
ver todas as notícias de Grey's Anatomy Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema