Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Relembre todos os trabalhos de Letícia Colin, a estrela de "Segundo Sol"
Relembre todos os trabalhos de Letícia Colin, a estrela de "Segundo Sol"
A atriz começou nos anos 2000 e desde então nunca mais parou de trabalhar! Sério, nunca mesmo. E ela já passou por quase todas as emissoras de TV do Brasil, fazendo de tudo. Ah, e não podemos esquecer dos seus trabalhos no Cinema, Teatro... Vocês não vão acreditar no quanto essa musa já fez!

Se você está acompanhando a novela "Segundo Sol", que tem feito bastante sucesso no horário das 21h, da Globo, com certeza sabe quem é Letícia Colin. A intérprete da divertida Rosa está mandando muito bem e tem ganhado mais destaque a cada episódio. No entanto, o Purebreak conhece Letícia há muito tempo e já sabia do potencial da atriz. Mas se você a conheceu apenas agora, pode deixar que nós iremos relembrar toda a sua carreira. E olha, é de surpreender o tanto que essa mulher já fez com apenas 28 anos de idade.

Televisão

O primeiro trabalho de Letícia foi em 2000, no seriado "Sandy e Junior", onde fazia parte do núcleo infantil. Sua personagem se chamava Glorinha e aparecia de maneira recorrente, até 2001. Em 2002, ela participou de "Malhação", na pele de Kailani, a irmã mais nova de Pedro (Henri Castelli). Durante 2003 e 2004, a jovem foi apresentadora da "TV Globinho". Lembravam dessa? Depois disso, ela participou do especial de final de ano "Histórias de Cama e Mesa".

Em 2005, Letícia foi para a Band e participou de "Floribella" e foi a partir daí que a moça passou a ficar mais conhecida. Sua personagem era a DJ Martinha e ficou até o final da produção, em 2006. No ano seguinte, ela foi para a Record, onde trabalhou nas novelas "Luz do Sol" (2007), "Chamas da Vida" (2008), "A História de Ester" (2010) e "Vidas em Jogo" (2011).

Após isso tudo, a jovem deixou a emissora e trabalhou na série "Mandrake" (2012), da HBO. Ela voltou a trabalhar com o canal também em 2017, quando participou da série "A Vida Secreta dos Casais".

Mas, voltando para 2013, relembramos que esse foi o ano em que Letícia voltou para o grupo Globo. A partir daí, nunca mais parou de trabalhar. Ela esteve em "Além do Horizonte" (2013), "Questão de Família" (2014), "Amor Veríssimo" (2014), "Sete Vidas" (2015), "A Regra do Jogo" (2015), "Chapa Quente" (2016), "Nada Será Como Antes" (2016), "Novo Mundo" (2017), onde se destacou na pele de Leopoldina, "Cidade Proibida" (2017) e, atualmente, em "Segundo Sol" (2018). Quanta coisa, hein? Alguém ainda tem fôlego pra continuar?

Cinema

Seu trabalho no Cinema não é tão vasto quanto o da TV, mas também tempos várias coisas legais. Se liga aqui: "Um Show de Verão" (2004), "Bonitinha, mas Ordinária" (2010), "Amor?" (2011), "Não Pare na Pista" (2014), "Ponte Aérea" (2015), "Amor em Sampa" (2015), "Um Namorado pra Minha Mulher" (2016), "Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood" (2017) e "Entre Irmãs" (2017).

Teatro

No Teatro, Letícia Colin se dividiu entre peças e musicais. "O Diário de Débora" foi seu primeiro espetáculo, em 2004. Depois disso veio "Adolescente Faz Cada Uma" (2004), "Floribella - O Musical" (2006), "O Despertar da Primavera" (2009-10), "Hair" (2010-11), "O Menino que Vendia Palavras" (2011-13), "Como Vencer na Vida Sem Fazer Força" (2012-13), "O Grande Circo Místico - O Musical" (2014), "Mas Por Quê??! A História de Elvis" (2015) e "O Grande Amor da Minha Vida" (2016).

Música

Sim, ela também se envolveu no ramo musical. Além de ter cantado na época de "Floribella", Colin participou de dois clipes do músico Cícero, "Tempo de Pipa" (2011) e "Ponto Cego" (2012).

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema