Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Felipe Neto começou a carreira fazendo piada de tendências e até falando de assuntos sérios de uma forma um tanto preconceituosa. Mas o influenciador só vem nos mostrando que todo mundo pode amadurecer e sua sensatez vem sido motivo de vários aplausos por aí! Se você ainda duvida de algo, estamos aqui para apresentar alguns dos motivos, então vem!

Vamos abrir um jogo sincero aqui: desde a época que seu sucesso estourou, Felipe Neto ficava na corda bamba entre fãs fiéis e pessoas que simplesmente não gostavam dele - a troco de nada ou por conta do conteúdo de seus vídeos (que costumavam zoar as tendências da época, dentre outras coisas, vale lembrar). Anos e anos de críticas depois, o cara vem mostrando como as pessoas podem SIM evoluir e 2019 se tornou definitivamente o ano que começamos a admirar 100% o influenciador e sua sensatez.

As manifestações dessa mudança começaram exatamente no período eleitoral de 2018: como sempre fez, Felipe expôs novamente sua opinião sobre a situação e, claro, as pessoas com o mesmo posicionamento político concordaram e começaram a acompanhar o cara - não, não foi só por conta do posicionamento, mas sim por causa dos argumentos que ele usava. SENSATO! As eleições passaram, Felipe continuou sendo amado e odiado, mas agora os motivos já eram outros...

Então, começaram a surgir outros tipos de comentários: algumas pessoas achavam que Neto estava se posicionando politicamente apenas para ganhar fama e mais dinheiro. O que ele fez? Deu um tapa na cara da sociedade com essa thread aqui:

Aí a jogada começou a ser outra: resgataram vídeos antigos de Felipe criticando algumas coisas que hoje em dia ele defende. O que ele fez? Respondeu à altura:

Felipe Neto ajudou muita gente, dentre elas, a MC Melody e a hiperssexualização que a cantora de 11 anos (na época) passava - com um empurrãozinho da família da artista. O influenciador conseguiu fazer um acordo com o pai de Melody e, desde então, a menina vem mostrando que está aproveitando a fase atual de sua pré-adolescência e não apresenta mais o comportamento visto anteriormente. Depois disso, o cara ainda denunciou o YouTube por deixar conteúdos pornográficos passarem e ignorarem a pedofilia exposta na rede social.

Dias passam, críticas vão e vêm e chegou a Bienal do Livro, ápice dos acontecimentos envolvendo o influenciador. Para quem não viu a treta, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, proibiu que livros com temática LGBTQI+ fossem vendidos no evento. Felipe, assim como grande parte da população, ficou revoltado com o acontecimento e usou todo o dinheiro citado alguns tweets acima para ajudar a causa: comprou TODOS os livros proibidos e distribuiu de graça!

Aí vieram mais uma vez aquelas pessoas que gostam de criticar e começaram a espalhar fake news e - DE NOVO - pegaram vídeos antigos para mostrar o que "o Felipe de fato acha dos homossexuais" - usando uma gravação dele fazendo piada sobre o assunto. Errado? Errado, mas vamos abrir aqui a oportunidade das pessoas mudarem? Afinal, todo mundo já cometeu erros e falou besteiras quando era mais novo, mas o erro está naqueles que continuam fazendo essas coisas, não é mesmo? Aliás, o próprio Felipe fez questão de falar sobre isso de uma forma bem clara e direta:

O influenciador só vem nos mostrando o quanto amadureceu e estamos batendo palmas para tanta sensatez!

Fiquem com mais esses tweets do carioca, para ficarmos com o coração quentinho e admirarmos ainda mais o Felipe de hoje:

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema