Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

A Marvel quer mais representatividade LGBTQIA+ em seus personagens de filmes e séries. Quem adianta essa informação é vice-presidente de produção Victoria Alonso: 'Estamos apenas mostrando ao mundo quem são essas pessoas. Faremos o nosso melhor para tentar consistentemente trazer representatividade'. Em "Eternos" e "Thor: Amor e Trovão" os fãs já verão esse novo olhar

A Marvel está disposta a trazer mais representatividade para suas produções! Desde que Loki, interpretado por Tom Hiddleston, foi revelado como bissexual no terceiro episódio de sua série spinoff pelo Disney +, o Universo Cinematográfico Marvel pretende empoderar mais seus personagens da comunidade LGBTQIA+. Segundo a vice-presidente executiva de produção Victoria Alonso, esse novo olhar é apenas um início para grandes mudanças.

"Leva tempo, temos muitas histórias que podemos contar. Vamos empoderar aqueles que já são LGBTQIA+. Não estamos mudando nada. Estamos apenas mostrando ao mundo quem são essas pessoas, quem são esses personagens", disse Victória.

"Há muitas coisas que surgirão que acho que representarão o mundo de hoje. Não vamos acertar no primeiro filme, segundo ou terceiro filme, ou na primeira ou segunda série, mas faremos o nosso melhor para tentar consistentemente trazer representatividade", acrescentou ela, em entrevista à "Variety".

Produtora diz que Loki seguiu versão em quadrinhos

Antes mesmo de estrear "Loki", os fãs da série já se empolgaram com a descoberta de que o irmão de Thor era fluido, nome dado a quem não se identifica com uma única identidade de gênero, podendo transitar entre o feminino, masculino e o agênero, ao mesmo tempo. De acordo com Alonso, a revelação foi um reflexo de quem é o personagem no seu material desde os quadrinhos.

"Tenho que ser honesta com você, não tem nada demais nisso. Loki é o que é, quando convém ao personagem. Não fizemos porque é politicamente correto ou incorreto. É o que é. Não se esqueça, nós acompanhamos nossos quadrinhos. Tentamos segui-los até o limite. Então, nos quadrinhos, ele é assim", explicou.

Marvel vai mostrar novos personagens LGBTQIA+

Ainda nas produções da Marvel, já foi confirmado que o filme "Eternos", com lançamento previsto para novembro de 2021, vai apresentar um romance LGBTQIA+ entre os personagens dos atores Brian Tyree Henry e Haaz Sleiman. Já em "Thor: Amor e Trovão", só para 2022, é possível que os admiradores da franquia veja Valquíria (Tessa Thompson) em uma saga atrás de uma "rainha" para governar ao lado dela em Nova Asgard.

Marvel
5 coisas que podemos esperar da série "Gavião Arqueiro" a partir do novo trailer
"Guardiões da Galáxia 3" será o último filme da equipe. O que podemos esperar?
6 motivos para assistir "Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis"
De "Shang-Chi" a "Thor": as 10 famílias mais marcantes do MCU
ver todas as notícias de Marvel Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema