Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Ludmilla, Lexa e Lizzo são a prova de que todo mundo deve continuar persistindo nos seus sonhos
Ludmilla, Lexa e Lizzo são a prova de que todo mundo deve continuar persistindo nos seus sonhos
Quantas vezes você desistiu de alguma coisa só porque não estava dando certo? A vida tem muitos obstáculos e às vezes é complicado mesmo atingir os próprios objetivos. Ludmilla, Lexa e Lixxo sabem muito bem disso. No entanto, as três cantoras também provaram em 2019 que persistir naquilo que a gente acredita é fundamental. Entenda.

Muitas vezes a gente traça um objetivo, se esforça e faz de tudo para conquista-lo. No entanto, nem sempre isso é suficiente para os planos darem certo. Infelizmente. Pois é, algumas vezes simplesmente não acontece. E depois disso, o que a gente faz? Desiste? Bom, tem uma galera que vai atrás de outra coisa, enquanto uma parte continua persistindo naquilo que acredita. É difícil seguir nesse ritmo, mas o ano de 2019 mostrou para Ludmilla, Lexa e Lizzo que, às vezes, só um pouquinho mais de persistência é suficiente para fazer a gente chegar onde quer. Não tá entendendo nada? Calma, que o Purebreak vai explicar tudinho.

Ludmilla

A Ludmilla faz sucesso desde que "Fala Mal de Mim" estourou, lá por volta de 2013. Desde então, ela se manteve em alta com "Sem Querer" e "Hoje". Porém, por volta de 2016, apesar de ter lançado ótimas músicas, a cantora meio que entrou num limbo e não entregou nenhum grande hit até 2018, quando as músicas "Não Encosta" e "Din Din Din" começaram a bombar. Os singles caíram no gosto do público e o ano de 2019 já começou com Lud colhendo bons frutos. Neste mesmo ano a cantora lançou o seu primeiro DVD, o "Hello Mundo", que nos presenteou com a maravilhosa "Favela Chegou", em parceria com Anitta. Aliás, essa foi um dobradinha que deu certo, já que a namorada de Brunna Gonçalves também participou do álbum "Kisses", em "Onda Diferente", mais um dos grandes hits de 2019.

Foi por conta desses dois hits que Ludmilla também fez uma apresentação icônica no Rock in Rio e já garantiu uma vaga para a edição de 2021. Como se tudo isso já não fosse suficiente, ela ainda ganhou o Prêmio Multishow de Cantora do Ano, tornando-se também a primeira artista negra a levar o troféu pra casa. Isso que é sucesso, né?

Lexa

Lexa estourou em 2014, com "Posso Ser". A música não foi um hit, mas serviu para colocar a cantora no radar do publico. Apesar de não ter passado um ano sem lançar canções novas, foi só em 2018, com "Sapequinha", que ela voltou a ganhar notoriedade. Aliás, podemos dizer que essa foi uma das grandes canções daquele ano, né? Inclusive, foi por causa desse single que Lexa conseguiu se manter em alta também em 2019. Depois disso foram lançadas as canções "Só Depois do Carnaval" e "Chama Ela", que está ganhando bastante ibope agora. Lexa tem ganhado mais destaque na mídia: se apresentou no Prêmio Multishow, está participando do programa "Autênticas", do GNT, que mostra a sua rotina, e ainda fechou uma parceria com a Anitta. Parece que alguém deu a volta por cima, né? E 2020 promete ser ainda melhor.

Lizzo

O primeiro álbum de Lizzo foi lançado em 2013, mas a cantora realmente conquistou os americanos em 2016, com o single "Good as Hell". Apesar do sucesso que a canção fez, não foi o suficiente para mantê-la no topo das paradas. Até 2019, quando lançou o álbum "Cuz I love You", Lizzo ainda não tinha conseguido emplacar outro hit. No entanto, "Juice", a primeira música de trabalho do disco, agradou o público. Mas o que fez a americana bombar mesmo em 2019 foi "Truth Hurts", uma música lançada em 2017. Sim, isso aconteceu.

O single de dois anos atrás bombou por conta do filme "Alguém Especial", produzido pela Netflix e estrelado pela Gina Rodriguez. "Truth Hurts" faz parte da trilha sonora e o sucesso do filme fez a canção ficar sete semana seguidas no topo da Billboard Hot 100. Com isso, Lizzo conseguiu o prestigio que tanto merecia.

Ludmilla
Por que é maneiro quando um branco canta sobre drogas, mas é crime quando um negro faz isso?
Ludmilla, Lexa e Lizzo são a prova de que você pode tentar "dar certo" mais de uma vez
Listamos os 5 melhores momentos da Ludmilla em 2019 e o que mais podemos esperar da cantora em 2020
A Ludmilla relatou um caso de racismo que sofreu no Prêmio Multishow: "Até quando isso?"
ver todas as notícias de Ludmilla Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema