Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

A era "Bangerz" foi tão polêmica, que Miley Cyrus ainda está falando sobre isso. Na época, a cantora foi acusada de se apropriar da cultura Hip-Hop e depois descartá-la como se fosse qualquer coisa. Recentemente, a youtuber Kenya Wilson publicou um vídeo em que defende a ex-Disney de algumas acusações e a própria comentou na publicação, admitindo os seus erros.

Gostando ou não, precisamos admitir que a era "Bangerz" foi o momento de Miley Cyrus! A cantora estava no topo, lançado vários hits e todo mundo só falava sobre a ex-Disney. No entanto, isso não significa que ela foi perfeita. Foram muitas polêmicas por conta do comportamento da artista e também algumas acusações bem sérias, como o fato da loira ter se apropriado da cultura Hip-Hop e fazer mais sucesso que muitos artistas negros. Recentemente, a youtuber Kenya Wilson publicou um vídeo em que defende a esposa de Liam Hemsworth de algumas acusações e relembra como o álbum foi importante para cultura pop. Para surpresa de muitos, Miley comentou o vídeo e ainda admitiu alguns erros.

Vale lembrar que em 2017, na época do álbum "Younger Now", Miley chegou a comentar o motivo de ter "deixado" o hip-hop. "Eu amo a música nova do Kendrick Lamar ['Humble']: 'Mostre algo natural, tipo uma bunda com estrias'. Eu amo isso porque não fala 'Venha sentar no meu pau, chupe meu pau'. Não consigo ouvir isso mais. É o motivo de eu ter me afastado da cena hip-hop um pouco. Era tudo muito 'Lamborgini, tenho meu Rolex e minha garota no meu pau'. Eu não tenho nada a ver com isso", declarou em entrevista à Billboard.

Na época isso foi visto de maneira muito negativa, já que não são todos os artistas que têm a liberdade de "deixar" alguma cena. Será que Cardi B conseguiria fazer sucesso com um álbum country? Ou seja, isso só reforçou as acusações de apropriação cultural. Mas, pelo visto, Miley Cyrus mudou. No vídeo de Kenya, a dona do EP "She Is Coming" reconheceu o seus próprios erros. Veja:

"Acabei de assistir seu vídeo. Obrigado por me dar a oportunidade de me abrir. Ficar em silêncio não é como eu sou. Estou ciente da minha influência e tenho sempre a usado da melhor forma que conheço e para iluminar a injustiça. Quero começar dizendo que sinto muito. Reconheço que dizer 'É o motivo de eu ter me afastado da cena hip-hop um pouco' foi insensível, já que é um privilégio para mim ter a habilidade de entrar e sair da 'cena'. Existem décadas de desigualdade e eu ainda tenho muito a aprender. O silêncio faz parte do problema e eu não quero ficar em silêncio sobre isso mais. Minhas palavras se tornaram um divisor num tempo onde a união é crucial. Não posso mudar o que disse na época, mas posso dizer que sinto muito pela desconexão que minhas palavras causaram. Enfim, fiz merda e sinceramente me desculpo. Estou comprometida em usar minha voz para curar, mudar e defender o que é certo"

Miley Cyrus mandou muito bem, né? Por mais artistas que reconheçam os seu próprios erros. <3

Miley Cyrus
Miley Cyrus dá conselho de ouro sobre relacionamento: "Comece a namorar seu melhor amigo"
Os 15 animais da Miley Cyrus e do Liam Hemsworth vão ficar com a cantora após separação
O Natal não é uma data alegre pra todos e Miley Cyrus desabafou um pouco sobre isso
Miley Cyrus ficará sem cantar por um tempo para se recuperar de cirurgia nas cordas vocais
ver todas as notícias de Miley Cyrus Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema