Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Depois de ser vaiado no show da Anitta, o funkeiro usou seu Instagram para se desculpar novamente, dizer que está aprendendo com tudo que aconteceu e que nunca foi sua intenção ofender ninguém. Durante essa polêmica toda, Luisa Sonza e Ludmilla cancelaram suas participações no DVD dele. Entenda tudo que está rolando.

Nego do Borel decidiu se pronunciar sobre toda essa polêmica que começou com um comentário transfóbico dele para Luisa Marilac. Depois disso, ele foi altamente criticado, mas mesmo assim resolveu aparecer no palco do ensaio do Bloco das Poderosas, da Anitta, que aconteceu no Rio de Janeiro, no último domingo (20). Como a maioria do público era LGBTQ+ e estava sabendo de tudo que rolou, ele foi MUITO vaiado e a dona de "Vai Malandra" defendeu o amigo, dizendo que ele está aprendendo e se arrependeu de tudo que disse.

No meio dessa treta toda, o cantor está se preparando para a gravação de um DVD com várias participações, uma delas seria da cantora Luisa Sonza, que cancelou a parceria assim que estourou essa confusão. Logo depois, quem tomou a mesma atitude foi a funkeira Ludmilla. Nego do Borel usou sua conta no Instagram na última segunda-feira (21) para pedir desculpas por tudo: "Eu brinquei com uma coisa muito séria, eu não sabia o quanto era importante. Hoje eu sei, hoje estou aprendendo, já vivi muito preconceito, sabe? Está doendo muito dentro de mim abrir meus comentários e ver as pessoas falando que sou transfóbico, homofóbico, um lixo que devia voltar para o buraco da onde eu vim".

Anitta defendeu Nego do Borel na polêmica do clipe "Me Solta"

Essa não foi a primeira vez que Anitta defendeu o amigo. Em julho de 2018, Nego do Borel lançou o clipe para a música "Me Solta" e foi alvo de várias críticas por aparecer vestido como um gay afeminado. Numa das cenas ele chegou até a beijar um homem e muitas pessoas consideraram a representação de mal gosto e desrespeitosa.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema