No sétimo dia após a morte de Hiroshi Yamauchi, relembre a trajetória do homem que fez da Nintendo uma das maiores forças do mercado de games.

Embora tenhamos acompanhado com tristeza a morte de Hiroshi Yamauchi, ex-presidente da Nintendo, nunca é tarde para relembrar um pouquinho da trajetória do homem que fez da Nintendo uma gigante dos jogos.

O executivo, neto do fundador da empresa, Fusajiro Yamauchi, assumiu em 1950 e foi o principal responsável não só por mudar o foco da empresa para os videogames como também pelo sucesso das franquias Zelda e Mario, o italiano que deve pedir a mão da Princesa Peach muito em breve.

Vale lembrar que antes de Hiroshi, a Nintendo se resumia à uma pequena fábrica de baralhos, a Nintendo Playing Card, e estava longe de ser a referencia que é hoje. Foi em 1963 que a revolução começou, primeiramente com a contração do nome da empresa e diversificando as áreas de atuação. Nessa época, a Nintendo passou por vários campos, alguns bastante curiosos como canais de TV e até rede de motéis.

Já em 1966, em parceria com o também falecido designer Gunpei Yokoi, foi lançado o Ultra Hand, primeiro brinquedo da marca. Em seguida veio o Game & Watch e finalmente o Gameboy, primeiros portáteis da empresa.

Mas o que os nintendistas até hoje consideram a melhor "jogada" de Yamauchi foi a contratação do simpático designer Shigeru Miyamoto, em 1977. Simpático porque o próprio Yamauchi tinha fama de não ser lá muito carismático. Juntos trabalharam na evolução do Color TV Game, primeiro console da Nintendo que abriu espaço para o surgimento de obras como Zelda, Super Mario e Donkey Kong.

Mas nem todo mundo compartilha dessa admiração. João Gabriel Oliveira, entusiasta de games e jogador de PC acredita que a morte da velha guarda da Nintendo é benéfica para a renovação da companhia:

"Fico feliz de pelo menos ter uma rotação de funcionários(...) [Na Nintendo] só tem velho que trabalha la desde que fundou a companhia. De repente, chamar uma galera jovem muda um pouco os critérios."

Em 1983, com o crash dos videogames, Yamauchi lançou o Nintendinho e conseguiu evitar uma crise na empresa. O ex-presidente também estava no cargo durante os lançamentos dos Super Nintendo, do Nintendo 64 e do GameCube, maiores sucessos da empresa (e que só eram usados na horizontal como o novo Xbox One).

Aos 75 anos, em 2002, Yamauchi cedeu seu lugar ao atual presidente Satoru Iwata, mas continuou acompanhando as decisões da Nintendo, além de ser o segundo maior acionista da empresa. Em 2008, ele foi considerado pela Forbes o homem mais rico do Japão.

Hiroshi Yamauchi vinha enfrentando problemas pulmonares e faleceu aos 85 de pneumonia, internado em um hospital no Japão.

Nintendo
Novos controles DualSense PS5 estão em pré-venda na Amazon!
"Pokémon Go" no Halloween: será mais fácil achar Gastly, Haunter, Gengar e outros monstrinhos!
Nintendo Switch, novo console híbrido da Nintendo, é anunciado para 2017!
De "Pokémon Go": Confira uma série de tutoriais incríveis do Youtube para arrasar no game!
ver todas as notícias de Nintendo Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema