Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Yalitza Aparicio tem origem indígena e isso não está sendo aceito pelos colegas de trabalho. Depois de suas 10 indicações ao Oscar, a artista vem recebendo várias críticas de outros atores, incluindo comentários como "Sorte das feias" e "Não tem vocação nem futuro na área" só por conta da sua origem. Como isso ainda pode ser aceito com naturalidade, gente?

Todos os dias nós somos obrigados a acompanhar notícias absurdas sobre preconceitos de diversos modos, não é mesmo? E quando isso envolve o mundo artístico, que influencia tantos jovens por aí? A situação fica ainda pior! A atriz de "Roma", filme indicado a 10 categorias do Oscar 2019, vem recebendo ataques racistas de outros artistas! Dá pra acreditar?

Tudo indica que os atores não estão aceitando que uma atriz índia esteja recebendo tanto reconhecimento. Comentários como "Não é atriz", "Tem a sorte das feias", "Não tem vocação e nem futuro na área" foram só alguns dos muitos comentários que Yalitza Aparicio foi obrigada a ouvir nos últimos dias. As palavras foram proferidas por pessoas influentes, como diretores, atrizes e apresentadores de televisão, que ficaram inconformados com o sucesso de Aparicio. A última declaração, que deu o que falar, foi do ator Sergio Goyri, que reclamou que a Academia tenha "nomeado uma índia" ao Oscar. O ator se desculpou após o vazamento do tal vídeo.

E as intenções desse grupo de atores são realmente as piores. Na última semana, foi divulgado que um pessoal tentou evitar que Yalitza fosse escolhida como melhor atriz no prêmio Ariel, entregue pela Academia Mexicana de Artes e Ciências, o mais prestigiado do país. A tentativa foi divulgada no Twitter por Rossana Barro, coordenadora do Festival Internacional de Cinema Morelia. "Soube que há um grupo de atrizes mexicanas que está se organizado para pedir à academia de cinema que Yalitza Aparicio não seja considerada para a categoria de melhor atriz. É a coisa mais medíocre, patética e vil que já escutei. Não direi mais nada", comentou. Os atores, por outro lado, alegam que Aparicio não atuou e nunca se preparou para ser atriz, por isso, não deveria competir a grandes prêmios com outros artistas.

Ao saber de tudo isso, Yalitza se resumiu em dizer: "Estou orgulhosa de ser uma indígena oaxaqueña e só lamento que haja pessoas que não sabem o significado correto das palavras". E você tem todos os motivos do mundo pra se sentir orgulhosa, Aparicio!

Parece que, quanto mais parecemos estar evoluindo, mas as coisas regridem. NUNCA deixem ninguém te diminuir, de forma nenhuma. Sua origem, sua raça, sua orientação sexual, sua religião... Tudo isso é motivo de muito orgulho e ninguém pode te dizer o contrário!

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema