Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Se você acompanhou as últimas confusões envolvendo o nome de Carlinhos Maia, sabe que o humorista não está com uma moral muito boa. Depois de inúmeras declarações homofóbicas e a briga com Whindersson Nunes, o rapaz até desativou o seu Instagram para evitar mais polêmicas. Todo mundo está o criticando, mas será que essa história é tão simples?

No último sábado (25), Maíra Medeiros, que sempre faz comentários sensatos na internet, publicou um vídeo no "Nunca Te Pedi Nada" sobre o Carlinhos Maia. Afinal, o humorista causou recentemente e até desativou o Instagram para se meter em menos encrenca. E se as pessoas não iam muito com a cara do rapaz, a coisa ficou ainda pior quando a sua rixa com Whindersson Nunes se tornou algo declarado. Difícil de defender, né? No entanto, Maíra resolveu trazer um novo olhar sobre essa situação e você precisa assistir este vídeo:

O Purebreak já falou algumas vezes sobre o Carlinhos Maia, e sempre foi muito notório que o Instagrammer teve que se assumir gay muito antes de realmente se aceitar. É justamente por isso que ele repete muitos discursos que ferem a sua própria existência. Carlinhos ainda não se aceita. Além disso, tem toda a questão citada por Maíra Medeiros, sobre o meio em que ele foi criado. Para você pode até parecer muito absurdo existir alguém como o digital influencer, mas às vezes a gente esquece que a nossa bolha social, mesmo sendo grande, ainda é muito pequena em relação ao mundo inteiro.

Assim como Carlinhos Maia, ainda existem várias pessoas acreditando que "o gay deve se dar ao respeito" e que um beijo entre duas pessoas do mesmo sexo que se gostam ainda é ofensa - aliás, temos um presidente no poder que reforça esse tipo de discurso. O contraditório é ver uma pessoa gay reproduzindo esse tipo de coisa, né? Infelizmente, isso ainda é comum. Não é por fazer parte de um minoria que a pessoa já nasce desconstruída ou sabendo que o mundo é desigual. Na verdade, todo mundo nasce aprendendo que existe um tipo de certo e o caminho é longo até entendermos que não é bem assim que funciona. Tomara que Carlinhos Maia tire um tempo para entender tudo isso.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema