Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

A preguiça é provavelmente o grande mal da humanidade.

Estudos apontam que dez entre dez pessoas sofrem de um problema sério chamado preguiça. Essa doença pode ser bastante contagiosa e afeta jovens, adultos e idosos. Mas é preciso admitir que o problema fica um pouco mais sério quando se é adolescente. Os pais, com aqueles velhos papos de sempre, são os primeiros a notar os sintomas. "Você não faz nada", "olha essa bagunça" e "arruma isso" são algumas maneiras que eles encontram para afastar o mal. Nunca dá certo. Se até agora você se achava a pessoa mais preguiçosa do mundo, se liga aqui no Purebreak porque encontramos pessoas com casos muito mais sérios!

Quando a moleza bate, não há quem suporte. Nesses casos, o único esforço que as pessoas fazem é em busca de fazer menos esforço. Mas vamos ser sinceros, quem nunca ficou empurrando o lixo na lixeira até não caber mais nada porque estava com preguiça de trocar? Ou então comprou algo novo e deixou dias na caixa com vontade zero de montar? Relaxa, a gente te entente. Isso acontece até nas melhores famílias.

Muitas vezes a desculpa para não fazer as coisas na hora é o cansaço do dia a dia. Afinal, depois de um longo dia de trabalho ou com várias provas, a vontade é de chegar em casa e ir dormir direto. Porém, chegam as férias e vários planos: acordar cedo, se exercitar, arrumar o quarto e etc. A lista fica ótima no papel, agora, na hora de pôr em prática... O mais fácil é aceitar a preguiça, deixar pra lá e ser feliz!

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema