Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

É normal que a gente veja o tempo passando e, com isso, vai batendo aquele desespero com relação à metas pessoais, pressão de pessoas próximas e, principalmente, de nós mesmos. Sim, a crise dos 20 e poucos anos É REAL e todo mundo já passou ou vai passar por isso. Mas sempre tem uma solução! Tudo vai ficar bem, nunca esqueça.

Sabe quando você é criança e sonha em se tornar maior de idade? Se você ainda está nessa fase, o Purebreak tem uma péssima notícia: essa fase passa. Especialmente depois dos 20, que é quando você ingressa de vez na vida adulta e, querendo ou não, um monte de preocupações começam a invadir sua cabeça. E, por mais que algumas pessoas falem que é bobeira, a crise dos 20 e poucos anos é REAL e todo mundo já passou ou vai passar por isso na vida.

Tá, e quais são os "sintomas"? É meio desesperador quando você vê algum grande empresário ou artista, que é mais novo que você, sendo muito bem sucedido na carreira... você pode ficar feliz pela outra pessoa, mas sempre surge uma questão na cabeça: "O que eu to fazendo da minha vida? Será que fiz a escolha certa?". Não importa o quanto você ame seu curso ou profissão, em algum momento você vai se perguntar isso, nem que seja só quando bate aquela bad.

A pressão das pessoas em volta também não ajuda muito. Conforme determinada idade vai chegando, já começam as perguntas como "E o casamento?", "Vai morar com seus pais pra sempre?", "Mas você sabe que essa profissão não dá dinheiro, né? Você vai morrer sem grana", entre outras. Com isso, não tem psicológico que aguente, né? E às vezes você está 100% nem aí para estas questões, mas de tanto que te perturbam com isto, acaba virando algo realmente a se pensar.

Tá, mas o que fazer?

Quais são as benditas soluções para esses problemas - especialmente para as opiniões alheias, que não dependem de você? IGNORE E SAIBA QUE TODO MUNDO TEM O SEU TEMPO!!!!!!!! Não é porque fulaninho deu sorte e é uma pessoa de 20 anos que já tem milhões de patrimônios acumulados, que todos nós temos a mesma obrigação, né? Respeite seu tempo e, acima de tudo, suas escolhas. Nada disso de se entregar, viver trancado no quarto e não querer mais ter contato com o mundo externo - ou apenas quando tem alguma obrigação. Você tem o direito de se sentir cansado, de querer ficar isolado por um dia ou um final de semana para se conectar consigo mesmo, mas saiba a hora de levantar da cama e fazer alguma coisa, seja ela profissional, seja somente para se divertir, sozinho ou acompanhado.

A partir do momento que você começa a observar esses pequenos detalhes sobre si mesmo, fica mais fácil de lidar com essa sensação inconveniente. E não se deixe abater pelas conquistar alheias, pelo contrário, tente buscar inspiração a partir destas ações. Uma coisa o Purebreak te garante: tudo vai ficar bem no final! <3

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema