Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Nesse lugar, o medo é a principal atração e os finais felizes não são permitidos!

Para a galera que está acostumada a passar as férias na Disney ao lado de todas as princesas e personagens marcantes das telonas, vai se assustar ao conhecer a Dismaland, um pertubador parque temático criado pelo artista inglês Bansky.

Dessa vez, nada de Mickey ou Minnie acenando felizes e contentes, porque o nome "Dismaland" é um trocadilho com "dismal" (sombrio, em português) e a Disneyland. O parque, que tem o ingresso custando três libras, é um projeto temporário aberto ao público no último sábado (22) e com exposição até o dia 27 de setembro. A ideia é pegar todas as histórias infantis já conhecidas pelo público e torná-las aterrorizantes ao fazer ligações com notícias reais.

Banksy, o fundador do projeto, ficou mundialmente conhecido por seus medonhos desenhos que denunciam os problemas da sociedade atual. Em entrevista, o artista comentou: "É uma exposição de arte e entretenimento para anarquistas principiantes", explica.

Uma coisa é certa: o objetivo é chocar os turistas e a diversão não é o alvo principal. Já é possível notar isso logo na entrada do parque, onde está escrito: "Bem vindo a Dismaland. A vida não é sempre um conto de fadas". Tenso, né?

Sentiu falta da Disney agora, né?
Sentiu falta da Disney agora, né?

Você sentiu até falta da Disney agora, né?

Disney
Escolha entre estas vilãs da Disney e diremos qual profissão mais combina com você
Lucas Grabeel não sabe se faria "High School Musical" atualmente após confirmação de que Ryan é gay
Você sabia que o Camp Rock existe mesmo?
"High School Musical - O Desafio" aconteceu mesmo ou foi um delírio coletivo?
ver todas as notícias de Disney Ver + matérias
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema