Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Na última segunda-feira (17), Giovanna Chaves usou o Twitter para revelar que andou tendo problemas com bebidas alcoólicas. Apesar de já ter 18 anos, a mensagem pegou muita gente de surpresa pela fato da atriz ser bem nova. Felizmente, a jovem já deixou claro que já está buscando tratamento. Mesmo assim, esse tipo de situação é mais comum do que se imagina e é preciso estar alerta.

Giovanna Chaves fez um desabafo bastante sincero e corajoso na última segunda-feira (17) ao revelar que possui problemas com álcool. Sem entrar em muitos detalhes, a atriz contou que passou por alguns problemas e andou descontando tudo na bebida. Nas suas próprias palavras, ela diz ter entrado em um ciclo vicioso de só fazer besteira. Pesado, né? O lado bom é que a cantora percebeu que estava com problemas e já foi atrás de ajuda. No entanto, a situação de Giovanna é mais comum do que se imagina.

"Nunca é tarde para melhorar e tô bem feliz que consegui perceber que precisava de ajudinha", escreveu a atriz de "Cúmplices de um Resgate". O depoimento também choca pelo fato de Giovanna Chaves possuir apenas 18 anos. Apesar de já possuir idade para consumir esse tipo de bebida, não é de se esperar que alguém tão novo já enfrente esse tipo de situação. E é aí que mora o problema: jovens estão consumindo álcool cada vez mais cedo.

Jovens começam a beber cada vez mais cedo

Dados da última edição da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PENSE), de 2015, mostram que o a idade média do primeiro episódio de consumo de álcool é de 12 anos. A pesquisa também revela que entre estudantes do 9º ano, que normalmente possuem de 13 a 15 anos, 55% já haviam consumido álcool de forma pesada. Além de ser algo proibido por lei, quanto mais novo se começa a beber, mais chances o indivíduo tem de apresentar algum tipo de dependência. Bem puxada essa situação, né?

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema