Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Assim que um padrão é imposto, nós aprendemos a ignorar e oprimir tudo o que é diferente. É por isso que a população negra e LGBT sofre tanto preconceito. No entanto, há outras pequenas opressões que acabam passando "despercebidas", como a gordofobia. E é por conta disso que algumas pessoas fazem comentários opressores e nem percebem. Pensando nesse assunto, preparamos um teste para descobrir se você anda sendo gordofóbico.

Só quem é gordo sabe o quanto as pessoas acham que tem o direito de comentar sobre a forma física dos outros. Quem nunca ouviu um "você devia emagrecer" sem nem ter perguntado nada? Pois é, essas situações são bem comuns. O grande problema é que, quem faz esse tipo de comentário - geralmente pessoas magras -, não está ligado no quão problemático é dizer esse tipo de coisa. Existem muitas formas de opressões e algumas acabam passando despercebidas - ou são mais "permitidas" mesmo. Apesar de gordofobia ser assunto que ainda está em alta, nem todo mundo tem conhecimento sobre ele. Pensando nisso, preparamos um teste para descobrir que você anda sendo gordofóbico.

É muito comum ouvir de pessoas que não são gordas que elas estão "enormes" apenas por apresentarem uma barriguinha ou algo do tipo. Ou pior, apenas por terem comido muito no almoço. E o grande problema é que essa galera ainda vê o fato de ser gordo como algo ruim. E quando só elogiam o rosto de quem é gordo? É um comentário bastante positivo, mas é só isso que pessoas gordas ouvem. O tempo todo. Não dá, né? Ninguém é apenas uma cabeça e quem está recebendo esse tipo de elogio entende muito bem o que o outro está querendo dizer.

Pior do que tudo isso só quando ficam regulando a quantidade de comida que você coloca no prato... porém, nada é mais insuportável do que usar o termo "emagreceu" como elogio. Tá na hora de todo mundo entender que, assim como ser gordo ou engordar não é um problema, ser margo ou emagrecer não é um elogio. E aí, ficou com dúvidas sobre o que tem falado por aí? Então, chegou a hora de descobrir se você anda sendo gordofóbico:

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema