Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil



K-Pop: como os padrões de beleza na Coreia do Sul afetam a vida dos idols?
K-Pop: como os padrões de beleza na Coreia do Sul afetam a vida dos idols?
Quem é fã de K-Pop sabe que o padrão de beleza coreano é algo que assombra os idols e todos os fãs sensatos. Vários artistas da Coréia do Sul passam por momentos tensos para alcançar o tão desejado corpo dos sonhos, rosto dos sonhos e até mesmo uma cor de pele ideal e considerada bonita. É claro que, por trás do que vemos, as coisas são bem complicadas.

Pessoas do mundo todo sofrem com os padrões de beleza "estabelecidos" por suas sociedades. Com famosos isso é ainda mais descarado, já que - na visão de boa parte das pessoas - eles precisam manter uma imagem "apresentável". Na Coreia do Sul isso não é diferente. Após o surgimento dos idols, toda pressão estética coreana se tornou visível para outros lugares e com a popularidade do K-Pop, vários casos se tornaram públicos. Os fãs do gênero já sabem um pouco sobre o abuso de várias empresas, mas isso é papo para outra matéria.

Dessa vez o Purebreak vai falar sobre a padronização da beleza entre os idols e tudo que isso causa em jovens de várias idades que vivem nesse meio e escolheram uma carreira cheia de problemáticas.

Corpo gordo

Se você conhece algum idol gordo, saiba isso é uma exceção dentro da exceção. Assim que as empresas escolhem seus trainees - crianças ou adolescentes selecionados para se tornarem idols -, começa a mudança de visual. Elx precisa se encaixar no padrão estabelecido para artistas coreanos. A magreza é vista como algo belo e é muito admirada pela maioria das pessoas no país. Alguns nomes famosos sentiram na pele a pressão de ter que perder peso e chegaram a ter distúrbios alimentares.

Park Jimin, do BTS, é um dos idols que já sofreu com distúrbios alimentares e falou durante algumas lives sobre isso. O mochi revelou que chegava a comer apenas um prato de comida de verdade durante uma semana e que treinava até a exaustão para se manter magro. Os próprios "fãs" do K-Pop na Coreia punem os artistas quando eles estão fora do peso considerado ideal no país, deixando de cantar o fanchant na hora em que aparecessem ou deixando-os de lado nos fansings.

Resultado de imagem para park jimin

Choi Seunghyun, o T.O.P do BIGBANG, foi rejeitado pela YG por ser gordo demais. O coreano perdeu 20kg em pouquíssimo tempo e voltou para a empresa, mas dessa vez foi aceito.

Neste vídeo, do extinto grupo Pristin, alguns fãs comentaram sobre o silêncio, conhecido como black ocean, na hora em que Kyla, uma idol considerada fora dos padrões por ser mais alta e mais gorda que as demais, cantava.

Tom de pele

Nos dias de hoje, vemos diversos idols fazendo tratamento para clarear suas peles, provando que isso é um estigma de centenas de anos de história. Isso está tão enraizado na cultura do país, que as marcas de cosméticos tem uma gama de cores limitadíssima e os tons mais claros são mais fáceis de encontrar. Já ocorreram casos de discriminação por causa da cor da pele de um artista, idols como Hwasa (MAMAMOO), Namjoon (BTS) e Jongin (EXO), sofreram críticas por serem mais escuros que a maioria. É super comum vermos sites de fotos oficiais usar o White Washing, um filtro que deixa a pele bem mais clara que o real.

Antigamente, nos países asiáticos, os trabalhadores do campo que plantavam arroz passavam horas e horas colhendo embaixo do sol quente. Suas peles, consequentemente, eram mais escuras do que a dos mais ricos e membros da realeza, que não precisavam se expor aos raios solares. Na época, era fácil identificar o nível social de uma pessoa por sua cor e a discriminação era algo comum, como vemos em diversos filmes e até mesmo desenhos.

Cirurgia plástica

Na Coreia, é comum vermos crianças e adolescentes ganharem cirurgias plásticas de presente - isso mesmo que você leu, pessoas dão cirurgias de presente. Então não é nenhuma surpresa que artistas passem por esses procedimentos para mudar alguma coisa em seus rostos.

Existem boatos de que as empresas incluem cláusulas em que idols são obrigados a passar por cirurgias plásticas caso "necessário". Existem diversos vídeos que provam a existência dessa cultura da intervenção cirúrgica entre os jovens da Coreia do Sul.

Muita gente considera a indústria do K-Pop tóxica e extremamente nociva para os idols, mas até que a sociedade em si perceba que o conceito de bonito ou feio é algo a ser descartado, essa cobrança e pressão em cima dos idols não irá acabar.

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema