Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Já não é de hoje que Klara Castanho fala que viveu uma "guerra" consigo mesma quando era mais nova, mas a atriz disse que aprendeu de uma vez por todas a se amar e a olhar no espelho e gostar do que via. A artista contou com a ajuda dos pais para acabar com as neuras com relação ao corpo e conseguir ficar mais tranquila.

A grande maioria das pessoas viu Klara Castanho crescendo diante das câmeras, não é mesmo? Afinal, a atriz que começou nas telinhas em 2006 e ganhou destaque em 2009, em "Viver a Vida", da Globo - com sua primeira vilã mirim - e agora está brilhando nos cinemas de todo o Brasil! E mesmo tendo a admiração de muitas adolescentes, que se inspiram no seu estilo e vivem elogiando a artista de 19 anos, a própria não gostava muito do que via no espelho e viveu uma verdadeira guerra consigo mesma.

Em entrevista à Quem, Klara diz que aprendeu a lidar com a situação: "Lembro de ver as tops muito magras e altas e eu sempre fui proporcional ao meu tamanho: sou baixinha, meu estômago é alto. Nunca vou ter barriga chapada. Quando entendi isso, passou a fase de guerra comigo mesma. Olhava no espelho e não gostava", relembra. Para isso, a atriz contou com a ajuda da família: "Nunca fiz dieta maluca, mas a reeducação alimentar eu fazia. E minha mãe ficava: 'Para, você é adolescente, seu peso e saúde estão bons. Para com isso'. Eu devo toda minha integridade mental aos meus pais", comenta.

Klara diz que sempre conversou com os pais sobre tudo: "Meus pais são muito cuidadosos, mas muito abertos. Sempre sentamos e conversamos sobre tudo. Nunca teve tabu na minha casa e por isso me sinto muito confortável. (...) Meus pais me prepararam desde muito cedo, sempre foram muito conscientes do que eu encararia. E em primeiro lugar, está minha família, pois tive muita insegurança com relação ao meu corpo, por exemplo. O processo pra entender que eu não precisava me comparar a ninguém, que meu corpo era único". Linda! <3

Principais
notícias
sobre
o mesmo tema