Segue a gente no Insta

@purebreakbrasil

Nesta sexta-feira (18), Luísa Sonza e a Elle Brasil divulgaram a capa da edição de junho, em que ela estrela. Esse é o primeiro pronunciamento da artista desde que se afastou das redes sociais em 4 de junho. A decisão veio após a onda de ódio de pessoas que culpavam Luísa pela morte do filho de seu ex-marido, Whindersson Nunes.

Os últimos dias estão sendo extremamente difíceis para Luísa Sonza. Constantemente alvo de hate e fofoca nas redes sociais, a cantora sofreu um ataque ainda mais grave no começo do mês. Pessoas na internet a culpavam pela morte prematura do filho de Whindersson Nunes, seu ex-marido, com a noiva, Maria Lina.

Em 4 de junho, sua equipe anunciou pelo Twitter que a cantora iria se afastar das redes sociais e que o lançamento do álbum estava adiado. Desde então, Luísa Sonza não postou mais nada. Até que nesta sexta-feira (18), seus fãs receberam uma grande surpresa: a cantora é a nova capa da Elle Brasil, com entrevista exclusiva. É a primeira vez que Luísa se pronuncia desde todo o horror que viveu.

Nós separamos quatro falas marcantes da reportagem, em que podemos entender como a cantora está e quais são os planos para o futuro.

Luísa Sonza ainda está sem rede social

Como já falamos, Luísa sofre com o ódio na internet há anos, além de ser frequentemente reduzida ao seu relacionamento, seja com Whindersson ou com o atual namorado Vitão - que, inclusive, foi acusado de ser amante da cantora ao longo de seu primeiro casamento com o comediante. Mas essa última onda de hate foi demais para ela - com toda razão.

"Eu venho há um ano postando um pouco sobre isso, dizendo parem, gente, eu não traí. Até que chegou um momento de desespero. Eu estava sentada no chão do meu quarto tendo uma crise, abri os stories e pedi para as pessoas pararem: 'Parem! Eu não aguento mais!'", afirma a cantora.

Mas agora será que Luísa Sonza estará de volta às redes? Parece que não. "Não sei quando vou voltar a mexer na internet como era antes, aquela coisa todo dia, o dia inteiro, como uma jovem qualquer". Mais tarde, Luísa ainda comenta: "Não mexo nas redes sociais de jeito nenhum, porque ainda é um gatilho muito forte pra mim".

A cantora faz acompanhamento psicológico

Uma das coisas que tem ajudado Luísa Sonza a se reerguer é o apoio, seja de sua família, amigos, fãs ou até mesmo de profissionais da área. A cantora revelou que está tendo consultas com médicos e psicólogos, para cuidar da saúde. "Preciso realmente cuidar um pouquinho da minha saúde mental. Estou há dias sem mexer nisso [redes sociais], com acompanhamento psiquiátrico e psicológico e já me sinto bem melhor," disse Luísa.

Ao longo da entrevista, a artista menciona novamente que está fazendo "muita terapia" para se manter calma e, no momento, prefere ficar mais reclusa, com pessoas próximas. Luísa chegou a dizer que ela e Vitão, de 22 e 21 anos respectivamente, chegaram a ser assediados na rua - o que causou grandes traumas.

Luísa Sonza abre seu coração pela primeira vez, após sair das redes sociais em 4 de junho
Luísa Sonza abre seu coração pela primeira vez, após sair das redes sociais em 4 de junho

Decisão de adiar o segundo álbum

Junto com o anúncio de que estava se afastando das redes, a equipe de Luísa Sonza decidiu adiar seu álbum, que estava previsto para ser lançado em 22 de junho. A artista divulgou pela primeira vez, na entrevista, o nome desse novo trabalho: "Doce 22". A ideia era começar a divulgação no início de junho, mas ela e sua equipe repensaram.

"Chegou um ponto em que tive que parar para processar tudo. É um álbum que escrevi e produzi. Um trabalho que levou 14 meses e que me fez crescer e me conhecer. Hoje estou mais consciente do que sou e do quero como artista", conclui Luísa.

Uma de suas estratégias para manter a sanidade é se desvincular da personalidade famosa que muitos a associam. Como não é possível fazer isso em meio a um processo de divulgação, a decisão foi adiar. "Vou vestir a minha capa de Luísa Sonza, a persona, para lançar o álbum e as outras coisas, mas depois vou ficar um pouquinho afastada. Caso contrário, não vou aguentar. Agora estou um pouco triste ainda pra fazer isso", afirma.

Próximos passos na carreira

O nome do álbum não foi a única coisa que revelou sobre o lançamento. Luísa comenta que o processo de criação foi extremamente artesanal. Dentre as inspirações está o pop dos anos 2000 e cantoras da MPB, como Elis Regina. A artista também aponta que quer evidenciar suas raízes gaúchas nesse novo trabalho.

Com a participação de 28 instrumentistas - com violinista e pianista -, o álbum será dividido em dois lados. "No lado A, estou fortona. No lado B, vou ladeira abaixo. Com quase 23 anos, estou colocando um pezinho na vulnerabilidade", diz. Com certeza temáticas como ataques gratuitos e misoginia na indústria musical podem virar tema no "Doce 22".

Luísa Gerloff Sonza
Qual dos lados do "DOCE 22", da Luisa Sonza, você é?
Luísa Sonza explica singles de "Doce 22" e fala sobre possível carreira internacional
Luísa Sonza se mostra vulnerável e revela segredos em "Doce 22"
Luísa Sonza anuncia "DOCE 22" e divulga playlist com spoilers do CD
ver todas as notícias de Luísa Gerloff Sonza Ver + matérias
Famosos
do momento
Principais
notícias
sobre
o mesmo tema